Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(386)Você está em:
  • Home »
    • Câmara em ação
      • » Tópicos

Tópicos

Selecione datas para filtrar: a OK
Sistema de satélites Michibiki traz melhorias 10/10/2017

Na terça-feira foi lançado ao espaço o quarto e último satélite para a versão japonesa do sistema de posicionamento global. O sistema de quatro satélites vai cobrir todo o arquipélago japonês 24 horas por dia, provendo precisas informações de posicionamento.

Hoje, para o Comentário, conversamos com Yasunori Matogawa, professor emérito da Jaxa - a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão - sobre que mudanças este novo sistema deve trazer à vida cotidiana.

Matogawa diz: "São necessários pelo menos quatro satélites operando no espaço e enviando sinais para determinar posições geográficas no Japão. Este último lançamento colocou o quarto satélite em órbita. Com este sistema, nossa vida deve ficar bem mais conveniente, por isso o lançamento é uma conquista significativa para todos.

Até agora era difícil receber sinais de satélite em locais com montanhas altas ou arranha-céus, mas o novo sistema vai fornecer informações de posicionamento muito mais precisas mesmo com esses obstáculos. A margem de erros deverá ser reduzida de cerca de 10 metros para alguns centímetros.

Agricultores poderão operar tratores sem motoristas. A tecnologia poderá ser utilizada também por sistemas de navegação para deficientes visuais.

Além disso, o novo sistema poderá ser usado não apenas para posicionamento como também para comunicações. Por exemplo, no caso de um desastre natural será possível transmitir informações obtidas no solo. A Jaxa está agora buscando maneiras de usar o sistema Michibiki como um canal de comunicações que pode funcionar em coordenação com outros satélites. Há muitas possibilidades. Acho que precisamos construir uma infraestrutura social para utilizar ao máximo este sistema.

Três dos quatro satélites devem sobrevoar uma área que vai do Japão à Austrália, passando pela Indonésia, numa rota em forma de oito. Isso permite que pelo menos um deles esteja constantemente sobrevoando o Japão, um sistema complicado que custou aos engenheiros muito tempo e esforço para ser desenvolvido.

Países vizinhos do Japão que se encontram perto ou embaixo da órbita desses satélites podem utilizar dados fornecidos pelo sistema Michibiki. Como a região é frequentemente atingida por desastres naturais, espera-se que esta tecnologia japonesa possa ser usada também por outros povos.

A Jaxa planeja lançar três outros satélites até o ano fiscal de 2023, criando um sistema de 7 satélites. Quanto mais satélites houver no sistema, mais difícil será sua operação, mas acredito que o Japão vai conseguir lidar com essas dificuldades usando tecnologia avançada e o trabalho árduo de seus desenvolvedores." (da NHK World)



Últimas

2018/02/14 » PIB do Japão cresce pelo 8º trimestre consecutivo
2018/02/14 » Comentário — Dados preliminares do PIB e a economia japonesa
2018/01/29 » Japão e Brasil firmam parceria
2018/01/26 » Comentário: Veículos autônomos vão se tornar o transporte do futuro
2018/01/26 » Comboio de caminhões de direção autônoma é testado no Japão
2018/01/18 » Comentário — Lançamento promissor para o futuro dos negócios espaciais do Japão
2018/01/18 » Agência de Exploração Aeroespacial do Japão realiza lançamento bem-sucedido do foguete Epsilon-3
2018/01/06 » Produtores de carne de soja no Japão reforçam desenvolvimento e venda para atender à demanda
2018/01/06 » Produtores de carne de soja no Japão reforçam desenvolvimento e venda para atender à demanda
2018/01/05 » Comentário—Perspectivas para 2018 nos esportes (5º)
2018/01/04 » Comentário — Série de Ano-Novo — Perspectivas para 2018 em usinas nucleares
2018/01/03 » Comentário – Série de Ano-Novo: Perspectivas 2018 – Economia (3º)
2018/01/02 » Comentário - Série de Ano-Novo: Perspectivas para a diplomacia em 2018 (2º)
2018/01/01 » Comentário — Série de Ano-Novo: Perspectivas para 2018 na política japonesa (1º)
2017/12/31 » Fabricantes japonesas competem para criar novo tipo de bateria
2017/12/24 » Foguete japonês coloca dois satélites em órbita
2017/12/18 » Comentário — Astronauta japonês e perspectivas da exploração espacial
2017/12/11 » Governo japonês prepara plano para fomentar o uso de hidrogênio como fonte de energia
2017/12/05 » Portal Único de Comércio Exterior, por Leonardo Diniz Lahud, coordenador-geral de Normas e Facilitação de Comércio, do SECEX/MDIC
2017/12/05 » Programa OEA - Segurança e Conformidade no Comércio Internacional, por Elaine Cristina da Costa, analista Tributária da RFB

Ver mais »