Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(386)Você está em:
  • Home »
    • Câmara em ação
      • » Tópicos

Tópicos

Selecione datas para filtrar: a OK
Comentário—Perspectivas para 2018 nos esportes (5º) 05/01/2018

Hoje, no quinto e último segmento da nossa Série de Ano-Novo, Perspectivas para 2018, vamos falar sobre esportes. Em fevereiro deste ano teremos os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de inverno em PyeongChang, e a Copa do Mundo de Futebol na Rússia, que começará em junho.

Como será 2018 para o Japão, país que sediará os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020? Vamos ouvir o comentário de Naoyuki Harada, professor da Universidade Wako, sobre as perspectivas deste ano para o Japão, em relação aos esportes.

O professor diz que há 3 pontos principais. O primeiro é a mudança de geração. Os jogos de inverno de PyeongChang serão os primeiros do tipo a serem realizados após o encerramento da carreira competitiva de campeões japoneses de patinação artística. No mês passado, o Japão selecionou seus representantes que competirão na modalidade dos próximos jogos. A questão é até que ponto eles terão um bom desempenho. Ao mesmo tempo, os jogos da Copa do Mundo definirão o futuro do Japão no futebol. As atenções estão voltadas para ver quais serão os atletas, tanto os que jogam em clubes domésticos como também os que jogam em clubes de outros países, convocados para a seleção japonesa, e quem mostrará que merece estar nos jogos.

O professor diz que o segundo ponto é que este ano será um período de preparação para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020 em Tóquio. O Japão sediará a Copa do Mundo de Rugby em 2019, e os ingressos começarão a ser vendidos neste mês. Ele acredita que as vendas serão um indicador do sucesso do evento em si, e irão influenciar as vendas de ingressos para Tóquio 2020. Além disso, cidades que sediaram jogos olímpicos e paralímpicos no passado tiveram um aumento no número de turistas estrangeiros após os jogos.
Preparativos estão em andamento com o enfoque em como acomodar estes turistas.

O terceiro ponto são as crescentes medidas em relação ao período após a realização dos jogos. O desafio é como levar os efeitos do evento de Tóquio às economias de outras regiões.

Em 2021, a região de Kansai, incluindo Osaka e Kyoto, sediará o Mundial de Masters, para atletas acima dos 30 anos de idade. Em setembro de 2023, a província de Okinawa, no sudoeste do Japão, sediará os jogos preliminares do Mundial de Basquete da Fiba, a Federação Internacional de Associações de Basquetebol. Além disso, a cidade de Sapporo, no norte do Japão declarou sua intenção de sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de inverno em 2026.

Em 2018, poderemos prever como os jogos de Tóquio irão afetar estes eventos esportivos regionais.

Para o povo japonês, a questão do ano será como criar o clima para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio em 2020. (da NHK World) 



Últimas

2018/01/18 » Comentário — Lançamento promissor para o futuro dos negócios espaciais do Japão
2018/01/18 » Agência de Exploração Aeroespacial do Japão realiza lançamento bem-sucedido do foguete Epsilon-3
2018/01/06 » Produtores de carne de soja no Japão reforçam desenvolvimento e venda para atender à demanda
2018/01/06 » Produtores de carne de soja no Japão reforçam desenvolvimento e venda para atender à demanda
2018/01/05 » Comentário—Perspectivas para 2018 nos esportes (5º)
2018/01/04 » Comentário — Série de Ano-Novo — Perspectivas para 2018 em usinas nucleares
2018/01/03 » Comentário – Série de Ano-Novo: Perspectivas 2018 – Economia (3º)
2018/01/02 » Comentário - Série de Ano-Novo: Perspectivas para a diplomacia em 2018 (2º)
2018/01/01 » Comentário — Série de Ano-Novo: Perspectivas para 2018 na política japonesa (1º)
2017/12/31 » Fabricantes japonesas competem para criar novo tipo de bateria
2017/12/24 » Foguete japonês coloca dois satélites em órbita
2017/12/18 » Comentário — Astronauta japonês e perspectivas da exploração espacial
2017/12/11 » Governo japonês prepara plano para fomentar o uso de hidrogênio como fonte de energia
2017/12/05 » Portal Único de Comércio Exterior, por Leonardo Diniz Lahud, coordenador-geral de Normas e Facilitação de Comércio, do SECEX/MDIC
2017/12/05 » Programa OEA - Segurança e Conformidade no Comércio Internacional, por Elaine Cristina da Costa, analista Tributária da RFB
2017/12/05 » OEA – aspectos práticos e desafios, por Vanessa Grespan Baroni, gerente-sênior de Global Trade da EY
2017/11/27 » Japão e Israel assinam acordo sobre projetos de infraestrutura no território israelense
2017/11/21 » eSocial - Desafios e Aspectos Relevantes, por Valter Shimidu, sódio da Área Trabalhista e Previdenciário de KPMG
2017/11/21 » eSocial - Mudanças e Soluções, por José Maia, auditor-fiscal do Trabalho
2017/11/09 » Conta corrente do Japão apresenta superávit na primeira metade do ano fiscal de 2017

Ver mais »