Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(386)Você está em:
  • Home »
    • Câmara em ação
      • » Tópicos

Tópicos

Selecione datas para filtrar: a OK
Coalizão governista não obtém maioria de dois terços em eleição para a Câmara Alta do Japão 22/07/2019

Após a eleição de domingo, a coalizão governista deve manter o controle majoritário da Câmara Alta do Parlamento japonês. Entretanto, a coalizão, os candidatos eleitos e os parlamentares favoráveis a mudanças na Constituição do país não vão compor os dois terços necessários à reforma na Casa.

O Partido Liberal Democrático do premiê Shinzo Abe e seu parceiro de coalizão, o Partido Komei, asseguraram 141 assentos na Câmara Alta.

Já a oposição garantiu 104 cadeiras, incluindo as vagas que não estavam em disputa. Apenas metade dos assentos foram disputados na eleição de domingo.

A coalizão governista, o Nippon Isshin (Partido da Inovação do Japão) e outros legisladores favoráveis a mudanças na Constituição obtiveram 160 assentos.

Esse total fica pouco abaixo dos 164 que perfazem dois terços da Câmara, que é a quantidade mínima necessária em ambas as casas para proposição de emendas à Constituição, que devem passar ainda por referendo nacional.

Abe disse que assegurar a maioria dos assentos em disputa mostra que a população deseja estabilidade política. Ele disse que isso lhe dá o respaldo para seguir com suas agendas política e diplomática.

Abe afirma que "muitos disseram que seria extremamente difícil obter a maioria ao defender um aumento nos impostos. Entretanto, nós conquistamos a compreensão da população. O objetivo dessa eleição para a Câmara Alta não era obter dois terços dos assentos, mas manter a estabilidade. Nós conquistamos esse objetivo. Agora nós vamos tentar obter apoio de dois terços dos parlamentares para uma emenda constitucional por meio de debates na Comissão sobre a Constituição."

Já o líder da maior agremiação da oposição, o Partido Democrático Constitucional do Japão, espera ampliar a cooperação no bloco oposicionista, que ganhou força.

Yukio Edano disse que "nós vamos fortalecer ainda mais a cooperação entre partidos de oposição, de forma que na próxima eleição possamos nos tornar uma força de governo. Um número considerável de eleitores disse não ao aumento dos impostos. Nós queremos debater formas de utilizar a receita tributária para seguridade social, bem como a estrutura geral do sistema tributário." (da NHK - Conglomerado de mídia pública do Japão)

Foto: NHK World Japan



Últimas

2020/03/18 » Ministério da Saúde atualiza situação sobre Covid-19
2020/03/18 » Informações sobre a situação atual do coronavírus no Brasil
2020/03/16 » Estrangeiros podem obter orientação por telefone sobre o novo coronavírus em várias províncias do Japão
2020/03/16 » Ministério da Saúde do Japão revela mapa de focos de Covid-19 no país
2020/03/16 » Pré-candidato democrata Joe Biden diz que vai escolher uma mulher para ser sua companheira de chapa
2020/03/16 » Autoridades de saúde dos EUA recomendam evitar aglomerações nas próximas 8 semanas
2020/03/16 » Trump pede aos consumidores americanos que mantenham calma e evitem fazer compras por pânico
2020/03/13 » Saiba tudo sobre o novo coronavírus e a doença que ele provoca
2020/03/13 » Estrangeiros podem obter orientação por telefone sobre o novo coronavírus em várias províncias do Japão
2020/03/13 » Parlamento japonês aprova lei de emergência para coronavírus
2020/03/13 » Abe e Trump discutem coronavírus e Olimpíada de Tóquio
2020/03/13 » Trump sugere adiar Jogos Olímpicos de Tóquio em um ano
2020/03/13 » Nikkei sofre maior queda num dia em cerca de 30 anos
2020/03/06 » Japão impõe mais restrições a viagens
2020/03/06 » Gabinete japonês aprova medida que permite revogar visto de turistas da China e Coreia do Sul
2020/03/06 » Estudos descobrem dois tipos principais do novo coronavírus
2020/03/06 » China e Coreia do Sul comentam medida japonesa de impor quarentena a visitantes
2020/03/06 » Japão impõe controle rigoroso para entrada de chineses e sul-coreanos ao país
2020/03/06 » Nova York pede que pessoas fiquem em isolamento domiciliar após voltar de países atingidos por coronavírus
2020/03/05 » Estrangeiros podem obter orientação por telefone sobre o novo vírus em várias províncias do Japão

Ver mais »