Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(435)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Entidade
        • » Diretrizes

Diretrizes

PLANO DE ATIVIDADES
DA CÂMARA DE COMÉRCIO INDÚSTRIA JAPONESA DO BRASIL PARA 2015/2016

 

1. Políticas Básicas

"Uma Câmara aberta", "Uma Câmara que encara desafios", "Uma Câmara para os Associados" Uma entidade que funcione em prol dos associados e que, ao mesmo tempo almeje ser uma Câmara útil, cumpra as Suas responsabilidades enquanto entidade de caráter público.

 

2. Diretrizes operacionais para 2015/2016 e Ações Prioritárias

(1) Fortalecimento das bases da entidade e aprimoramento ainda maior das atividades

① Continuar os esforços para ampliar e fortalecer o quadro de associados, a fim de incrementar estrutura financeira da entidade.

② Prospectar as necessidades dos associados, procurando melhorar o conteúdo das atividades, a fim de ser uma câmara que contribui para os seus associados.

- Coletar e compartilhar informações úteis para os associados.

- Buscar tornar ainda mais fluida a comunicação interna da Câmara e entre os associados, permitindo a entidade ouvir melhor o que os associados têm a dizer e almejando uma organização aberta e flexível, que possibilite obter proveito imediato dessa característica.

③ Apresentar propostas, solicitações e realizar trabalhos necessários junto aos governos brasileiro e japonês em parceria com as Câmaras de Comércio de outras nacionalidades no Brasil, órgãos econômicos etc.

(2) Contribuir para o fortalecimento e ampliação das relações nipo-brasileiras.

Tendo como pressuposto os objetivos da Câmara estabelecidos em seu estatuto social (promoção das relações econômicas nipo-brasileiras, o comércio entre os dois países etc.), contribuir para a dinamização, fortalecimento e expansão ainda maiores das relações entre os dois países:

- Realizar junto aos governos do Brasil e do Japão as propostas e solicitações necessárias visando melhorar o ambiente de negócios.

Manter um espaço para troca regular de informações com Embaixada do Japão no Brasil e Consulado Geral do Japão em São Paulo, tendo como objetivo principal o follow up das pautas discutidas nas reuniões conjuntas entre o governo japonês e empresas privadas (Kan-Min Godo Kaigi)

- Visando maior aceleração de cooperação para promoção de investimentos e comércio entre Brasil e Japão, manter os pleitos nesse sentido junto aos governos dos dois países, participando de grupo consultivo de alto nível, integrando a atuação com Nippon Keidanren e CNI.

(3) Apoio às práticas de Responsabilidade Social Corporativa nas empresas