Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(427)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias da Câmara

Notícias da Câmara

Selecione datas para filtrar: a OK
Prefeito Paulo Ghisi destaca Foz do Iguaçu estratégico e competitivo 14/09/2007

Um município estratégico e competitivo. Assim o prefeito Paulo Mac Donald Ghisi resumiu o potencial econômico de Foz do Iguaçu (PR), despertando o interesse de empresários japoneses. O prefeito Paulo Ghisi falou na tarde de sexta-feira (14/09), em São Paulo, para mais de 100 empresários e investidores japoneses e atraiu a atenção de outras instituições bilaterais, como a Japan External Trade Organization (Jetro), órgão oficial de comércio exterior do Japão.  

 

A exposição do prefeito, organizada pela Câmara, contou com a presença do presidente Makoto Tanaka, cônsul-geral do Japão em São Paulo, Masuo Nishibayashi, de presidentes e vice-presidentes de multinacionais como Yakult, Mitsubishi Corporation do Brasil, Honda, Itochu Brasil, YKK do Brasil, Panasonic do Brasil, Banco de Tokyo-Mitsubishi, Sumitomo Corporation do Brasil entre outros segmentos da indústria, comércio e serviços. Paulo Ghisi mostrou aos empresários as potencialidades de Foz do Iguaçu ( www.fozdoiguacu.pr.gov.br ) e as oportunidades que o município oferece nas áreas de comércio, indústria, turismo e serviços. A fala do prefeito deve se desdobrar em novos contatos institucionais e no campo empresarial.

 

Durante sua palestra com tradução simultânea, o prefeito exibiu um vídeo institucional de dez minutos, com áudio em idioma japonês, que adiantou à platéia dados principalmente turísticos do município. Também foi distribuída revista escrita em inglês e espanhol, e cd com dados econômicos de Foz do Iguaçu e do Estado do Paraná bem como kit de apresentação do Parque Tecnológico de Itaipu (IPT), contendo panfletos e cd institucionais escritos em português e inglês, o que reforçou a mensagem de uma Foz do Iguaçu moderna, que consegue aliar desenvolvimento econômico com equilíbrio ambiental, como Paulo Ghisi reiterou por diversas vezes durante a palestra. 

 

“Foz do Iguaçu é um município estratégico, que apresenta um grande potencial para os negócios. Em primeiro lugar, em função de sua localização geográfica privilegiada. Situada na divisa entre o Brasil, a Argentina e o Paraguai. Sua diversidade de atrativos representa um dos mais belos destinos turísticos do mundo. Possui riquezas naturais incomparáveis, como o Parque Nacional do Iguaçu, tombado como Patrimônio Natural da Humanidade e onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu. Outro ícone que impulsiona o turismo local é Itaipu, a maior hidrelétrica do mundo em produção de energia. Além disso, o município possui um projeto audacioso, o Parque Tecnológico Itaipu (PTI). Atualmente, o local que alojou milhares de operários que ajudaram a construir a usina reúne, em um ambiente compartilhado, aproximadamente mil pessoas, entre funcionários, estagiários, parceiros, jovens empresários, pesquisadores, professores e acadêmicos. Criado com a missão de ser um espaço inovador, voltado ao desenvolvimento tecnológico e científico, empreendedorismo e geração de emprego e renda, o parque está crescendo de uma forma surpreendente, abrigando várias empresas de base tecnológica, instituição de ensino superior e entidades de pesquisa e apoio à pesquisa. Juntos, estes atores estão trabalhando em prol do desenvolvimento sustentável da região”, destacou aos empresários.


O prefeito lembrou que Foz do Iguaçu está muito próximo do Uruguai e faz fronteira com a Argentina e o Paraguai, o que o transforma na porta privilegiada de entrada do Mercosul no Brasil. Além disso, o município fica próximo com o maior parque industrial brasileiro (Paraná, São Paulo e Minas Gerais), e com estados produtores de alimentos no Centro-Oeste (Goiás, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso), o que significa um mercado consumidor de mais de 90 milhões de pessoas. Sua localização estratégia e através da construção de uma logística de transportes rodo-hidro-ferroviário, permitirá, ainda, escoar e receber produtos tanto pelo Oceano Pacífico quanto pelo Atlântico, integrando os centros de produção aos grandes mercados consumidores.

Paulo Mac Donald Ghisi  (Foto: Rubens Ito / CCIJB)

 

Rubens Ito - CCIJB - 14/09/2007



Últimas

2020/06/29 » Transação tributária: uma saída viável para os impactos financeiros da pandemia
2020/06/26 » Presidente Murata participa da reunião das cinco entidades nikkeis
2020/06/25 » Med Line Segurança e Medicina do Trabalho
2020/06/19 » Novidades tributárias
2020/06/09 » Oportunidades tributárias em tempos de crise e as mais recentes medidas do governo
2020/06/09 » Reavaliação das práticas de Preços de Transferência
2020/06/03 » Covid-19: programa do governo brasileiro para apoio às empresas
2020/05/26 » MP de fundo garantidor para microempresas sairá nos próximos dias, diz secretário
2020/05/09 » Covid-19: esclarecendo algumas dúvidas acerca das recentes medidas trabalhistas
2020/05/06 » Conselho Fiscal realiza reunião para auditoria do 1º trimestre de 2020
2020/05/05 » Questões jurídicas e tributárias no cenário da pandemia
2020/04/28 » Medidas emergenciais adotadas no combate à pandemia e seus reflexos jurídicos
2020/04/27 » Fato do príncipe na extinção do contrato de trabalho durante a pandemia da COVID-19
2020/04/27 » Programa emergencial de manutenção do emprego e da renda foi tema de webinar
2020/04/24 » Covid-19: Redução de salário e jornada de trabalho ou suspensão do contrato de trabalho
2020/04/24 » Cinco medidas adotadas no combate ao coronavírus e seu impacto para empresas japonesas
2020/04/22 » Covid-19: Principais medidas trabalhistas para enfrentamento da crise
2020/04/09 » Covid-19 e impactos na tributação sobre a folha
2020/03/20 » Câmara faz sua 70ª Assembleia Geral Ordinária
2020/03/17 » Diretor do Hospital Santa Cruz participa de reunião com o secretário-geral Hirata

Ver mais »