Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Remédios podem ter diferença de preços que chegam a 1.400% em São Paulo 09/02/2010

São Paulo - A diferença  de preços entre medicamentos semelhantes de uma farmácia para outra pode chegar a 1.400%, segundo pesquisa realizada pela Fundação Procon -SP, órgão vinculado à Secretaria da  Justiça e da Defesa da Cidadania, em parceira com a Secretaria da Saúde.

A pesquisa apurou 103 itens, dos quais 62 são de referência e 41 genéricos em 15 lojas distribuídas em cinco regiões da capital paulista. Segundo a pesquisa, quando se compara preços de medicamentos de referência e genéricos nota-se que os genéricos são sempre mais baratos, mas mesmo esses podem ter preços diferentes de uma farmácia para outra.

Entre os destaques para as maiores diferenças, aparecem a Fenitoína, com 25 comprimidos, custando de R$ 6,06 para o referência a R$ 0,40 para o genérico. Em seguida, vem o Diclofenaco Sódico, com a caixa com 20 comprimidos custando R$ 20,12 para o medicamento referência e R4 1,89 para o genérico. Em terceiro lugar apareceu o Paracetamol que, na apresentação líquida com frasco de 15 ml, custa R$ 14,59 para o medicamento de referência para R$ 1,49 para o genérico. (Agência Brasil - Flávia Albuquerque)



Últimas

2021/05/06 » Entidades do setor produtivo criticam aumento de juros
2021/05/06 » Alta da Selic terá pequeno impacto sobre juros finais, diz Anefac
2021/05/06 » Copom eleva juros básicos da economia para 3,5% ao ano
2021/05/06 » Produção industrial cai 2,4% de fevereiro para março
2021/05/06 » Copom eleva juros básicos da economia para 3,5% ao ano
2021/05/05 » Dia das mães: data é a mais importante para o setor de flores
2021/05/05 » Relator da reforma tributária propõe fundir cinco tributos no IBS
2021/05/05 » Pagamento do abono anual para segurados da Previdência é antecipado
2021/05/05 » Medida restabelece regras flexíveis para compras e contratos públicos
2021/05/05 » Famílias com dívidas em atraso crescem para 67,3% em abril
2021/05/05 » MP reinstitui dispensa de licitação para compras relacionadas à covid
2021/05/05 » Reforma tributária tem de "atacar" programas de isenção, afirma Guedes
2021/05/05 » Inflação na saída das fábricas fica em 4,78% em março, diz IBGE
2021/05/04 » Balança comercial tem melhor saldo da história para meses de abril
2021/05/04 » Petróleo: produção na Bacia de Santos ultrapassa 70% do total nacional
2021/05/04 » Brasil não renovará pacto de transporte naval com Argentina e Uruguai
2021/05/04 » Mercado financeiro espera que Selic suba para 3,5% ao ano nesta semana
2021/05/03 » Maior leilão da história trará o 5G ao Brasil
2021/05/03 » Trabalho em home office tende a continuar após fim da pandemia
2021/05/03 » Banco Central nega falha de segurança no Pix e adverte contra golpes

Ver mais »