Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Meirelles: atuação do BC ao trazer inflação para a meta garante estabilização da economia 20/04/2010

Brasília - O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse hoje (20) que muitas vezes é importante aumentar a taxa básica de juros, a Selic, para trazer a inflação para a meta. Ele participa neste momento de audiência pública no Senado.
 
A meta de inflação para este ano e o próximo é de 4,5%, com margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A previsão de analistas do mercado financeiro para a inflação oficial, medida pela Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), neste ano, está acima do centro da meta - em 5,32%.

 

Eles também esperam elevação da Selic dos atuais 8,75% ao ano para 9,25% ao ano, na reunião marcada para os dias 27 e 28 deste mês.

Segundo Meirelles, a atuação do BC ao trazer a inflação para a meta garante a estabilização da economia brasileira, maior crescimento, geração de emprego e melhor previsibilidade para os agentes econômicos.

“Um determinado movimento de alta da Selic é mal entendido por alguns como uma reversão de ganhos de quedas de juros já absorvidas pela economia, mas não é. É parte de um processo normal. Isso é o que garante uma queda continuada da tendência da taxa de juros”.

 

De acordo com o presidente do BC, o Brasil tem tido crescimento econômico equilibrado devido ao regime de metas de inflação aplicado com “seriedade” e “rigor”. Segundo ele, “não é muito produtivo como vemos em outros países e vimos em em alguns momentos no Brasil [no passado] um modelo bem estruturado, mas que não atinge o resultado”.

Meirelles também lembrou que o Brasil tem equilíbrio externo, com a política de câmbio flutuante e acumulação de reservas internacionais, o que previne choques externos. Além disso, afirmou, o país tem um sistema financeiro sólido, com regras rígidas.

 

Para Meirelles, “o sucesso da estabilização da economia brasileira levou ao crescimento da arrecadação pública e isso permitiu a implementação de programade investimentos e de transferência de renda”. (Agência Brasil - Kelly Oliveira)



Últimas

2020/07/16 » Covid-19: 80% dos executivos no país esperam queda na receita em 2020
2020/07/16 » Cartórios passam a monitorar violência patrimonial contra idosos
2020/07/16 » Saiba como fazer o teste diagnóstico de covid-19 pelo plano de saúde
2020/07/14 » Parcela de petróleo da União por contratos de partilha cresce 50%
2020/07/14 » UFMG faz campanha para ampliar acesso de alunos a aulas remotas
2020/07/14 » Setor de segurança tem alta de 40% na busca por tecnologia inteligente
2020/07/13 » Saiba como funciona o ITBI
2020/07/13 » Estatuto da Criança e do Adolescente completa 30 anos
2020/07/13 » Caixa inclui custo com cartório e ITBI em financiamento imobiliário
2020/07/10 » Covid-19: pessoas com sintomas devem procurar atendimento imediato
2020/07/10 » ONU pede fim do financiamento ao carvão e apoio à energia renovável
2020/07/10 » OMS quer mais evidências sobre transmissão da covid-19 pelo ar
2020/07/09 » Novo site simplifica adesão ao acordo dos planos econômicos
2020/07/09 » Sebrae: cresce interesse por cursos a distância para empreender
2020/07/09 » Pandemia causou impacto em 57% das companhias exportadoras, revela CNI
2020/07/09 » Estimativa de junho prevê safra recorde de 247,4 milhões de toneladas
2020/07/09 » MEC anuncia que Enem será em 17 e 24 de janeiro de 2021
2020/07/08 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia
2020/07/08 » Câmara aprova MP que suspende cumprimento mínimo de dias letivos
2020/07/08 » Câmara aprova MP que permite reembolso de passagem aérea em até um ano

Ver mais »