Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Copom considera possível agravamento da crise na Europa importante para futuras decisões 06/05/2010

Brasília - O eventual agravamento da crise fiscal em países europeus é parte importante do contexto das decisões futuras sobre a taxa básica de juros, a Selic, segundo informou a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, divulgada hoje (6).

O Copom também decidiu avaliar os efeitos dos estímulos fiscais e creditícios adotados durante a crise financeira internacional e da “reversão de parcela substancial” dessas iniciativas, a partir do final do ano passado.

O documento revela que “decisões futuras de política monetária serão tomadas, com vista a assegurar a convergência tempestiva da inflação para a trajetória de metas”. A meta de inflação para este e o próximo ano é de 4,5%, com margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Na última reunião do Copom, nos dias 27 e 28 de abril, o colegiado decidiu elevar a Selic de 8,75% ao ano para 9,50% ao ano. A medida, considerada “incisiva” pelo próprio comitê, teve o objetivo de conter a trajetória de alta da inflação.


O Copom justifica que a experiência internacional e brasileira indica que taxas de inflação elevadas “levam ao aumento dos prêmios de risco, tanto para o financiamento privado quanto para o público” e ao “encurtamento dos horizontes de planejamento, tanto das famílias quanto das empresas”.

Consequentemente, diz a ata, “taxas de inflação elevadas reduzem os investimentos e o potencial de crescimento da economia, além de terem efeitos regressivos sobre a distribuição de renda”.

“Assim sendo, a estratégia adotada pelo Copom visa assegurar a convergência da inflação para a trajetória de metas neste e nos próximos anos, o que exige que eventuais desvios em relação à trajetória de metas sejam prontamente corrigidos”. (Agência Brasil - Kelly Oliveira)



Últimas

2021/01/27 » Pandemia e fim dos auxílios podem reverter retomada econômica
2021/01/27 » Confiança na construção civil recua depois de seis altas, diz FGV
2021/01/27 » Confiança do consumidor cai pelo quarto mês consecutivo
2021/01/27 » Custo da construção sobe 0,93% em janeiro, anuncia a FGV
2021/01/26 » Micro e pequenas empresas têm até sexta-feira para aderir ao Simples
2021/01/26 » Queda na arrecadação foi “resultado excelente”, diz Guedes
2021/01/26 » Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
2021/01/25 » Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
2021/01/25 » Cepal: exportações da América Latina e do Caribe caíram 13% em 2020
2021/01/25 » Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC

Ver mais »