Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Programa de computador auxilia empresas na identificação de perdas de eletricidade 06/07/2010

Um software desenvolvido pelo professor Antonio Padilha Feltrin, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), vai ajudar empresas do setor elétrico a calcular e identificar os pontos mais vulneráveis da rede a perdas elétricas. De acordo com dados oficiais, essas perdas atingem 18% da eletricidade produzida, desde a etapa de geração nas usinas até a distribuição de energia para os consumidores.

O programa de computador será apresentado ainda este mês no seminário Temporada de Caça aos Gatos, na Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro (Aeerj). O tema é uma referência às ligações clandestinas para economia de energia elétrica consumida, interferindo no valor da conta.

Em entrevista à Agência Brasil, Feltrin disse que a maior parte das perdas ocorre na fase de distribuição de energia, devido ao nível de tensão e ao tamanho das redes, entre outros fatores. O percentual de perda varia de região para região. A estimativa é que até 12% das perdas de energia produzida estejam na fase da distribuição.

Feltrin explicou que o software ajuda as empresas a calcular as perdas técnicas por segmento de rede, ou seja, por dispositivos existentes nas redes elétricas, contribuindo para a redução de custos. “O que nós estabelecemos foi uma maneira de calcular, de forma a tornar [a empresa] eficiente, no sentido de não precisar de muito esforço de pessoal, por semanas, trabalhando em cima disso. O cálculo poderia ser feito rapidamente, todos os meses, sem grandes custos”.

O maior vilão das perdas, na fase da distribuição, de acordo com Feltrin, são os transformadores. “[Eles] são em grande número e provocam perdas 24 horas por dia”. As perdas dessa fase são registradas também em equipamentos como cabos elétricos, conexões e medidores.

A Unesp está em negociações com uma empresa do setor de tecnologia da informação sobre a possibilidade de comercialização do programa de computador. Feltrin adiantou que algumas empresas do setor elétrico também demonstraram interesse no trabalho.

O professor, agora, se dedica a aperfeiçoar o software, para que, além de calcular as perdas técnicas, que ocorrem pela passagem de corrente elétrica até chegar aos consumidores, possam ser dimensionadas também as regiões onde ocorrem mais perdas comerciais devido a ligações irregulares, os chamados gatos.

“Nós estamos trabalhando, agora, em um refinamento, para o cálculo dessas perdas comerciais. Para ter uma informação mais localizada e mais eficiente, para efeito de indicação de ações para redução dessas perdas”. Para ele, acabar com as ligações clandestinas é possível com a identificação dos consumidores que usam esse recurso e a implementação de programas de investimento pelas empresas. As informações são da Agência Brasil - Alana Gandra.



Últimas

2021/04/19 » O que é Ibovespa
2021/04/19 » Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro
2021/04/19 » Banco Central altera norma para segunda fase do open banking
2021/04/16 » Serviços registram crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/16 » LDO de 2022 destravará gastos com obras em caso de atraso no Orçamento
2021/04/16 » Projeto da LDO prevê crescimento de 2,5% para o próximo ano
2021/04/16 » Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
2021/04/16 » Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
2021/04/16 » IGP-10 acumula inflação de 31,74% em 12 meses, diz FGV
2021/04/15 » Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa
2021/04/15 » Indicador Antecedente tem queda de 2,2% em março, revela FGV
2021/04/15 » Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro
2021/04/15 » Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
2021/04/15 » Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
2021/04/15 » Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
2021/04/14 » Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
2021/04/14 » Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea
2021/04/14 » Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril, aponta Procon-SP
2021/04/14 » Comércio varejista cresce 0,6% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/13 » Calendário de restituições não muda com novo prazo do Imposto de Renda

Ver mais »