Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Tesouro capta US$ 750 mi de investidores estrangeiros com os menores juros da história 27/07/2010

O Tesouro Nacional conseguiu captar US$ 750 milhões de investidores norte-americanos e europeus com taxa de retorno de 4,547% ao ano, os menores juros da história para papéis em dólar. O dinheiro veio da emissão de títulos soberanos da dívida externa com vencimento em janeiro de 2021, realizada hoje (27).

 

Por meio do lançamento de títulos da dívida externa, o governo pega dinheiro emprestado dos investidores internacionais com o compromisso de devolver os recursos com juros. Taxas menores indicam menor grau de desconfiança dos investidores de que o Brasil não conseguirá pagar a dívida.

 

A menor taxa já registrada para títulos externos com prazo de dez anos tinha sido de 4,75% ao ano. Esses juros foram obtidos com a captação de US$ 525 milhões em títulos da dívida externa, em dezembro do ano passado.

 

A emissão de hoje é o segundo lançamento de títulos da dívida externa no ano. Em abril, o país realizou outra emissão de títulos com vencimento em 2021. Na ocasião, o Tesouro captou US$ 787,5 milhões com taxa de retorno de 5% ao ano.

 

Segundo o Tesouro Nacional, a demanda pelos papéis brasileiros permitiu ao governo conseguir juros mais baixos no mercado. A procura, informou o governo, foi maior que a oferta de títulos, mas os técnicos não divulgaram o valor exato.

 

De acordo com o Tesouro, a emissão de hoje foi qualitativa porque o governo já tem quase todos os dólares de que precisa para pagar os vencimentos da dívida externa neste ano, estimados em cerca de US$ 7 bilhões. O lançamento do título com vencimento em dez anos, segundo o Ministério da Fazenda, serviu para aproveitar as melhores condições do mercado para reduzir o custo e melhorar o perfil da dívida externa.

 

O Tesouro poderá ainda ofertar mais US$ 75 milhões ao mercado asiático. O resultado final da emissão será anunciado depois de concluída a oferta naquele mercado. Os recursos obtidos serão incorporados às reservas internacionais em 3 de agosto. As informações são da Agência Brasil - Wellton Máximo.



Últimas

2020/01/22 » CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015
2020/01/22 » Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro
2020/01/22 » Brasil cria centro para indústria 4.0 no Fórum Econômico Mundial
2020/01/21 » Brasil passou para quarto destino de investimentos no mundo em 2019
2020/01/21 » Inflação dos aluguéis acumula taxa de 7,91% em 12 meses, diz FGV
2020/01/21 » Guedes conversa com ministros suíços e CEOs de empresas em Davos
2020/01/20 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,56%
2020/01/20 » Agência Brasil explica: quem pode ser um microempreendedor individual?
2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento
2020/01/15 » Mochilas pesadas na infância podem acarretar problemas na fase adulta
2020/01/14 » Consumidor espera saldões para comprar com desconto produto mais caro
2020/01/14 » IR: contribuinte não poderá deduzir gasto com previdência de doméstica

Ver mais »