Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
IBGE: produção industrial caiu em junho em nove dos 14 locais pesquisados 06/08/2010

A produção industrial caiu em junho em nove dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na comparação com o mês anterior. Em sete locais, a queda foi superior à média nacional, de -1,O%.

Segundo dados apresentados hoje (6) pelo instituto, os principais resultados negativos foram registradas em Goiás (-9,2%) e na Bahia (-6%), seguidos pela Região Nordeste (-3,5%), por Minas Gerais (-3,3%), Pernambuco (-2,3%), Santa Catarina (-2,1%) e pelo Paraná (-1,7%).

São Paulo (-0,6%) e o Pará (-0,3%) registraram queda abaixo da média nacional. No Rio de Janeiro, a produção industrial se manteve estável. Apenas quatro áreas registraram crescimento no setor: Espírito Santo (4,9%), Amazonas (2,4%), Rio Grande do Sul (1,5%) e Ceará (0,7%).

O IBGE informa, no entanto, que os resultados de junho mostraram um quadro positivo para a produção industrial regional no fechamento do primeiro semestre de 2010. A expansão da atividade no âmbito nacional nos primeiros seis meses de 2010 (16,2%) alcançou os 14 locais pesquisados. Em oito deles, a expansão superou a média do país, com destaque para o Espírito Santo (36,9%) e Amazonas (28,2%), seguidos por Minas Gerais (22,4%), Goiás (21,1%), pelo Paraná (19,6%), por Pernambuco (18%) e pelo Ceará (17,1%).

Nesses locais, o IBGE atribui o bom desempenho aos setores produtores de bens de capital e de bens de consumo duráveis (automóveis e eletrodomésticos) e às atividades associadas às commodities exportadas (minérios de ferro e siderurgia).

As demais áreas que apresentaram resultados positivos foram São Paulo (15,3%), a Região Nordeste (14,1%), Bahia (13,7%), Santa Catarina (12,3%), o Rio Grande do Sul (11,3%), Rio de Janeiro (10,8%) e Pará (8,8%).

Todos os locais também registraram taxas positivas na comparação entre o segundo trimestre de 2010 e igual período de 2009. Na média nacional, a atividade industrial mostrou diminuição no ritmo de crescimento na passagem dos três primeiros meses de 2010 (18,2%) para o segundo trimestre do ano (14,3%). As informações são da Agência Brasil - Flávia Villela.



Últimas

2020/01/24 » Déficit primário pode ser zerado até 2022, diz secretário
2020/01/24 » Arrecadação federal com impostos chega a R$ 1,537 trilhão em 2019
2020/01/24 » Confiança do empresário é a maior desde junho de 2010, diz CNI
2020/01/22 » CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015
2020/01/22 » Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro
2020/01/22 » Brasil cria centro para indústria 4.0 no Fórum Econômico Mundial
2020/01/21 » Brasil passou para quarto destino de investimentos no mundo em 2019
2020/01/21 » Inflação dos aluguéis acumula taxa de 7,91% em 12 meses, diz FGV
2020/01/21 » Guedes conversa com ministros suíços e CEOs de empresas em Davos
2020/01/20 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,56%
2020/01/20 » Agência Brasil explica: quem pode ser um microempreendedor individual?
2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento

Ver mais »