Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Lupi disse que qualificação profissional é desafio para próximo governo com eventos esportivos 01/11/2010

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, disse hoje (1) que a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 serão os principais motores do crescimento do emprego no governo da presidente eleita Dilma Rousseff. Para aproveitar essa oportunidade, o ministro defendeu que o país precisa investir em qualificação profissional.

"A economia está indo muito bem. A tendência é aumentar. Teremos quatro anos com [a presidente eleita] Dilma [Rousseff], de recorde, porque vai ser muito alimentado por dois grandes eventos: a Copa do Mundo e as Olimpíadas", afirmou. "Serão grandes fontes de geração de emprego".

Durante inauguração de uma estação de metrô no Rio, Lupi lembrou que muitas obras preparativas para as competições já começaram e que a demanda por mão de obra já se reflete nas estatísticas do governo. "Tudo isso gera emprego [obras para os jogos]. São intervenções públicas federais, estaduais e municipais, que alavancam o emprego".

Ao falar sobre os números de vagas criadas em outubro e novembro, o ministro disse que espera índices recordes e aproveitou para explicar que a queda do emprego prevista para dezembro é sazonal.

Para o próximo governo, destacou que a presidente eleita Dilma Rousseff tem pela frente o "gargalo da qualificação profissional", desafio que há em vários e setores e que precisa ser enfrentado pelo governo e pela iniciativa privada. "Hoje, muitos setores estão completamente afunilados", disse. "Não tem mais mão de obra qualificada na área de construção civil, hotelaria, serviços".

Lupi ainda falou sobre a possibilidade de continuar no cargo de ministro e disse que a decisão será do partido dele (PDT) e da presidente. "Eu não sei, nunca conversei sobre isso com ela [Dilma Rousseff]. Acho que estou cumprindo a minha etapa", afirmou. "Não existe cargo perpétuo". (Isabela Vieira, da Agência Brasil)



Últimas

2020/10/30 » Ministra da Agricultura diz que nova safra pode reduzir preço do arroz
2020/10/30 » CNI diz que setores mais otimistas são os de borracha e metalurgia
2020/10/30 » Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos
2020/10/29 » Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos
2020/10/29 » Representantes do setor da indústria aprovam decisão do Copom
2020/10/29 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2020/10/29 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2020/10/28 » Apoio emergencial do BNDES a empresas na pandemia alcança R$ 105 bi
2020/10/28 » Programa para ampliar produtividade das empresas é retomado
2020/10/28 » Confiança da construção cresce 3,7 pontos em outubro, diz FGV
2020/10/27 » Guedes diz que acordos políticos dificultam privatizações
2020/10/27 » CMN aprova regulação simplificada para projetos inovadores
2020/10/27 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%
2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos

Ver mais »