Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Empresários industriais estão menos otimistas, mostra pesquisa da CNI 17/02/2011

A pesquisa Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), divulgada hoje (17) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que o setor está menos confiante em 2011. O levantamento indica que o otimismo caiu 6 pontos em fevereiro deste ano ante o mesmo período do ano passado, passando de 67,8 para 61,8 pontos. Os dados foram coletados entre os dias 31 de janeiro e 14 de fevereiro.

Para a CNI, “a queda no otimismo é resultado do resfriamento da atividade econômica nos últimos meses”. Mesmo assim, os empresários continuam confiantes, pois o indicador, que pode variar de 0 a 100 pontos, ficou em 61,8. Acima de 50 pontos, o Icei indica que os empresários estão confiantes. O índice também está 2,1 pontos acima da média histórica, que é de 59,7 pontos, informou a CNI.

A mudança no otimismo dos empresários foi observada na pesquisa em todos os portes de empresas, nessa mesma base de comparação. Entre as de pequeno porte, o indicador caiu de 66,1 para 61,1 pontos. Nas médias empresas, diminuiu de 66,6 para 59,9 pontos e, entre as grandes, de 69,9 para 63,7 pontos.

Por região, os empresários do Sul foram o que apresentaram a maior mudança no otimismo, com queda de 7,3 pontos – de 67,2 pontos, em fevereiro de 2010, para 59,9 pontos, em igual mês deste ano. Já no Centro-Oeste, a redução foi menor e o índice recuou de 69,3 para 65,9 pontos, uma queda de 3,4 pontos.

Na análise por ramos industriais, o otimismo cresceu mais nos setores outros equipamentos de transporte; indústrias diversas; limpeza e perfumaria, e veículos automotores. As maiores quedas foram nos setores de máquinas e equipamentos; plástico; edição e impressão; metalurgia básica; e máquinas e materiais elétricos.

Para os próximos seis meses, o índice de expectativa dos empresários passou de 65,4 para 65,5 pontos em fevereiro ante janeiro, mas em comparação com fevereiro de 2010 (71 pontos) caiu 5,5 pontos. Esse item da pesquisa leva em consideração a expectativa dos empresários em relação à economia, que caiu de 67,9 para 61,3 pontos, e em relação à empresa, que diminuiu de 72,6 para 67,7 pontos em fevereiro, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Foram ouvidas 1.839 empresas, das quais 1.028 são pequenas, 561 médias e 250 grandes. (Daniel Lima, da Agência Brasil)



Últimas

2020/09/28 » Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
2020/09/28 » Petrobras inicia venda de dois campos de petróleo de águas profundas
2020/09/28 » Governo economiza R$ 1 bilhão com trabalho remoto de servidores
2020/09/25 » Projeto do Senai vai qualificar trabalhadores para a indústria 4.0
2020/09/25 » Primeiro leilão de imóveis públicos do Rio será em outubro
2020/09/25 » CMN amplia limite de renda para microcrédito a empresas
2020/09/24 » Custos industriais caem 1,5% no segundo trimestre
2020/09/24 » Ministro da Economia diz que reforma deve ter tributos alternativos
2020/09/24 » Contas externas têm saldo positivo de US$ 3,7 bilhões
2020/09/23 » Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020
2020/09/23 » CNI: atividade industrial segue em recuperação com alta do emprego
2020/09/23 » Indicadores recentes sugerem recuperação parcial da economia, diz BC
2020/09/22 » Brasil terá cota adicional na exportação de açúcar aos EUA
2020/09/22 » Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais
2020/09/22 » Mercado financeiro reduz projeção de queda da economia para 5,05%
2020/09/21 » Turismo: metade das operadoras vende viagens para novembro e dezembro
2020/09/21 » Covid-19: maioria dos estados segue sem aulas presenciais
2020/09/21 » O que é o Sistema S?
2020/09/18 » Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor
2020/09/18 » Confiança do empresário do comércio tem alta recorde em setembro

Ver mais »