Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
São Paulo registra a maior inflação em fevereiro 04/03/2011

A região metropolitana de São Paulo foi a área que registrou maior inflação em fevereiro deste ano, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), São Paulo teve uma inflação de 1,00%, acima da média nacional de 0,80%.

Outras regiões que tiveram inflação acima da média foram Recife (0,92%), Porto Alegre (0,83%) e Brasília (0,82%). Com taxas abaixo da média ficaram Curitiba (0,78%), Goiânia (0,74%), Belo Horizonte (0,71%), Rio de Janeiro (0,69%), Salvador (0,69%), Belém (0,46%) e Fortaleza (0,22%).

O IPCA de fevereiro registrou uma taxa inferior à de janeiro, que foi 0,83%. O índice chega a 1,64% no ano e a 6,01% no acumulado dos 12 meses. A principal influência para a inflação de fevereiro veio do grupo de despesa educação, com taxa de 5,81%.

Segundo a coordenadora de Índices de Preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos, o aumento da inflação do segmento de educação é explicado, em grande parte, pelo reajuste de 6,41% nas mensalidades escolares, bem acima do IPCA de 2010, que chegou a 5,91%.

“Neste ano de 2011, o resultado do item educação ficou bem acima do índice geral do IPCA, o que significa que não é só a inflação que está sendo repassada às mensalidades. Outros custos estão sendo repassados, tendo em vista que a demanda está propiciando que se repassem custos que, talvez, em outros momentos, não poderiam ser repassados. Com a renda do brasileiro crescendo e a demanda em alta, é a oportunidade de um ganho maior [para as escolas]”, disse Eulina.

Já os alimentos, que foram o grande vilão da inflação nos últimos meses, em fevereiro tiveram uma inflação de apenas 0,23%, influindo pouco no resultado final do IPCA. Em janeiro, a inflação dos alimentos foi de 1,16%. A redução no ritmo de crescimento dos preços nesse grupo de despesa foi puxada pela queda nos preços de itens como o feijão, o frango e a carne. (Vitor Abdala, da Agência Brasil)



Últimas

2021/04/16 » Serviços registram crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/16 » LDO de 2022 destravará gastos com obras em caso de atraso no Orçamento
2021/04/16 » Projeto da LDO prevê crescimento de 2,5% para o próximo ano
2021/04/16 » Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
2021/04/16 » Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
2021/04/16 » IGP-10 acumula inflação de 31,74% em 12 meses, diz FGV
2021/04/15 » Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa
2021/04/15 » Indicador Antecedente tem queda de 2,2% em março, revela FGV
2021/04/15 » Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro
2021/04/15 » Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
2021/04/15 » Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
2021/04/15 » Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
2021/04/14 » Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
2021/04/14 » Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea
2021/04/14 » Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril, aponta Procon-SP
2021/04/14 » Comércio varejista cresce 0,6% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/13 » Calendário de restituições não muda com novo prazo do Imposto de Renda
2021/04/13 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 4,85% este ano
2021/04/13 » Inflação para idosos acumula taxa de 6,2% em 12 meses
2021/04/12 » Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado

Ver mais »