Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Exportações da Região Norte foram as que mais cresceram em fevereiro 16/03/2011

Embora em menor escala, as exportações da Região Norte tiveram o melhor desempenho do país no mês de fevereiro e cresceram 82,83% em relação às vendas regionais no mesmo mês do ano passado, de acordo com dados divulgados hoje (16) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Numericamente, as exportações dos estados nortistas somaram US$ 1,326 bilhão, equivalentes a 7,93% das vendas totais do país para outros países. As maiores vendas continuam com os estados da Região Sudeste, com exportações equivalentes a US$ 10,080 bilhões, ou 60,24% do total, e crescimento de 42,33% sobre fevereiro de 2010.

De acordo com o MDIC, os estados do Sul exportaram US$ 2,815 bilhões, com expansão de 34,45%. As exportações do Nordeste somaram US$ 1,236 bilhão, com aumento de 5,44%, e as vendas do Centro-Oeste chegaram a US$ 978 milhões, com evolução de 7,86%. As regiões Sul e Nordeste registraram déficits na balança comercial do mês: de US$ 499 milhões e de US$ 85 milhões, respectivamente.

Quanto às importações, a Região Sudeste foi a que mais comprou, no valor de US$ 9,006 bilhões, com expansão de 40,23% em relação a fevereiro do ano passado. Em seguida, aparecem a Região Sul, com aquisições de US$ 3,314 bilhões (+34,78%), a Região Nordeste, com importações de US$ 1,322 bilhão (+14,44%), a Região Norte, com compras de US$ 1,065 bilhão (+29,13%) e o Centro-Oeste comprou US$ 815 milhões (+16,46%).

Nas exportações por estado, São Paulo continua imbatível com vendas de US$ 4,116 bilhões no mês, acompanhado de longe por Minas Gerais (US$ 2,687 bilhões) e Rio de Janeiro (US$ 2,101 bilhões). Em contrapartida, São Paulo foi também o estado que mais importou, no total de US$ 5,740 bilhões , e gerou um déficit de US$ 1,624 bilhão em suas contas externas.

Por municípios, as maiores exportações de fevereiro saíram de Angra dos Reis-RJ (US$ 1,891 bilhão), Parauapebas-PA (US$ 1,530 bilhão), Itabira-MG (US$ 884 milhões), Rio de Janeiro-RJ (US$ 833 milhões) e Vitória-ES (US$ 794 milhões). As maiores importações foram feitas por São Paulo-SP (US$ 2,239 bilhões), Manaus-AM (US$ 1,806 bilhão), Rio de Janeiro-RJ (US$ 1,155 bilhão), Itajaí-SC (US$ 926 milhões) e Vitória-ES (US$ 881 milhões). (Stênio Ribeiro, da Agência Brasil)



Últimas

2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
2020/10/22 » Opas: América Latina não deve relaxar enfrentamento à pandemia
2020/10/22 » Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020
2020/10/21 » Setor mineral brasileiro tem resultado positivo no 3º trimestre
2020/10/21 » Decreto inclui Linha 2 do metrô de BH em programa de privatizações
2020/10/21 » Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
2020/10/21 » Inflação do aluguel sobe de 18,20% para 20,56% em 12 meses
2020/10/20 » Pacote comercial abre caminho para acordo mais amplo, diz governo
2020/10/20 » SP:acordo da ANTT permite investimento de R$ 6 bi em malha ferroviária
2020/10/20 » Como fazer a amortização do FGTS pelo celular
2020/10/19 » Comércio eletrônico e delivery aumentam consumo de embalagens
2020/10/19 » Doria apresenta plano de retomada econômica de São Paulo
2020/10/19 » Produção brasileira de aço cresce 7,5% em setembro
2020/10/16 » Indicador antecedente da economia brasileira cresce 1,2% em setembro

Ver mais »