Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Indústrias japonesas no Brasil podem aumentar remessa de lucro para matrizes 17/03/2011

A catástrofe que atingiu o Japão nos últimos dias pode ter reflexo nas indústrias japonesas instaladas no Brasil. Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica (Sobeet), Luís Afonso Lima, o aumento das remessas de lucro das filiais às matrizes é uma alternativa rápida para cobrir os estragos causados pela tragédia provocada por um terremoto de 9 graus da escala Richter, um tsunami e um grave acidente nuclear em uma das centrais de geração de energia do Norte do Japão.

“Essa tragédia foi uma situação inesperada. As matrizes vão precisar de mais recursos para atender aos compromissos firmados no curto prazo. Como muitas fábricas estão paradas, existe data para pagamento das despesas, mas não há receita, porque não estão produzindo. Com isso, antes de deixar de honrar as dívidas, [as empresas japonesas] vão buscar lucros nas empresas filiadas em outros países, como o Brasil”, afirmou. Além disso, investimentos anunciados anteriormente serão revistos. “O país vai passar por um período de mudança qualitativa e quantitativa no valor industrial”, acrescentou.

Segundo a Embaixada do Japão no Brasil, cerca de 350 empresas japonesas estão instaladas no país atualmente. Dados da Sobeet apontam que do total, 60% correspondem a indústrias, sendo 16% montadoras de veículos. São Paulo reúne 59% das companhias, seguido por Rio de Janeiro e Minas Gerais, com 16% e 10%, respectivamente.

Para o conselheiro-chefe do Departamento Econômico da embaixada japonesa, Nobuharu Imanishi, ainda é difícil precisar se o aumento da remessa de lucro será necessário. “Uma tragédia dessa magnitude nunca aconteceu no Japão. Não temos essa informação, mas as principais indústria estão sólidas. A curto prazo, o governo vai assegurar estabilidade do povo japonês sem medir esforços”, garantiu.

De acordo com o consultor de empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) Teruaki Yamagishi, o esforço de recuperação ocorrerá por parte do governo japonês e não das filiais sediadas em outros países. “Não acredito em aumento de remessa de lucro por parte das empresas que estão no Brasil. Eu acredito que o governo vá cobrir os prejuízos sofridos”, disse. No entanto, a situação é instável. “Estamos preocupados já que grandes empresas estão paralisadas. Ainda não podemos avaliar uma solução de forma definitiva já que os terremotos continuam acontecendo”, completou. O Amazonas sedia 7% do total de empresas japonesas no Brasil. (Luciene Cruz, da Agência Brasil)



Últimas

2020/08/07 » MP destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19
2020/08/07 » Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia
2020/08/07 » Senai ensina indústrias a produzirem EPI contra novo coronavírus
2020/08/06 » Bolsonaro sanciona lei de negociação de dívidas das micro empresas
2020/08/06 » Baixa inflação permitiu corte nos juros, avaliam entidades
2020/08/06 » Copom reduz juros básicos da economia para 2% ao ano
2020/08/05 » Dezenas de empresas aderem à Semana Brasil 2020
2020/08/05 » Semana Brasil terá edição 2020 e deve ajudar na retomada da economia
2020/08/05 » Governo de Osaka planeja estudar eficácia de gargarejo no combate ao coronavírus
2020/08/04 » BNDES seleciona fundos de crédito não bancário para pequenas empresas
2020/08/04 » Balança comercial tem superávit recorde de US$ 8,06 bilhões em julho
2020/08/04 » Governo economiza R$ 466 milhões com a máquina pública na pandemia
2020/08/03 » Japonesa Seven & i Holdings pagará US$ 21 bilhões pela rede americana Speedway
2020/08/03 » Fábricas de veículos no Japão retornam gradualmente à produção normal
2020/08/03 » Covid-19: OMS prevê que pandemia durará muito tempo
2020/08/03 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante a pandemia
2020/07/31 » Auxílio emergencial elevou em 24% renda pré-pandemia, mostra pesquisa
2020/07/31 » Ministro da Infraestrutura diz que Brasil vive revolução ferroviária
2020/07/31 » Petrobras reduz em 4% preço da gasolina nas refinarias nesta sexta
2020/07/30 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante a pandemia

Ver mais »