Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Dilma e Obama vão reiterar apoio à reconstrução do Haiti em comunicado conjunto 17/03/2011

A reconstrução do Haiti, devastado pelo terremoto de 12 de janeiro de 2010, é um dos temas do comunicado conjunto que será feito pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a presidenta Dilma Rousseff, na visita do chefe de Estado americano ao Brasil no próximo fim de semana.

Obama e Dilma pretendem reiterar os esforços de norte-americanos e brasileiros para ajudar a sociedade haitiana e ratificar a confiança no processo eleitoral do país. No próximo domingo (20), ocorre o segundo turno das eleições presidenciais no Haiti.

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, afirmou hoje (17) que o governo brasileiro mantém o empenho e o compromisso com o Haiti. O chanceler ressaltou que os militares brasileiros permanecerão integrando as forças de paz no país, assim como toda a estrutura necessária para a reconstrução das áreas destruídas pelo terremoto terá a colaboração brasileira.

Disputarão o segundo turno das eleições no Haiti o cantor Michel Martelly e a ex-primeira-dama Mirlande Manigat. No primeiro turno, a Organização dos Estados Americanos (OEA) denunciou que houve fraudes. O Conselho Provisório Eleitoral do Haiti se comprometeu a resolver as fragilidades do processo eleitoral e tomar conta para que irregularidades não se repitam no segundo turno.

As votações ocorrem no momento em que dois ex-presidentes do Haiti acusados de crimes de corrupção e violação dos direitos humanos sinalizam que querem retornar ao cenário político local, Jean-Bertrand Aristide e Jean-Claude Duvalier, o Baby Doc. Exilado na África do Sul, Aristide manifestou o interesse de voltar ao país antes do segundo turno e Baby Doc já está vivendo em Porto Príncipe, a capital haitiana.

Os Estados Unidos lideram, na comunidade internacional, a pressão para que Aristide e Doc sejam mantidos longe da política haitiana. Mas, internamente, ambos têm simpatizantes e defensores. As dificuldades para garantir a lisura do processo eleitoral e os esforços para a reconstrução do país são agravadas com a epidemia de cólera que matou cerca de 4 mil pessoas. (Renata Giraldi, da Agência Brasil)



Últimas

2020/01/24 » Déficit primário pode ser zerado até 2022, diz secretário
2020/01/24 » Arrecadação federal com impostos chega a R$ 1,537 trilhão em 2019
2020/01/24 » Confiança do empresário é a maior desde junho de 2010, diz CNI
2020/01/22 » CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015
2020/01/22 » Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro
2020/01/22 » Brasil cria centro para indústria 4.0 no Fórum Econômico Mundial
2020/01/21 » Brasil passou para quarto destino de investimentos no mundo em 2019
2020/01/21 » Inflação dos aluguéis acumula taxa de 7,91% em 12 meses, diz FGV
2020/01/21 » Guedes conversa com ministros suíços e CEOs de empresas em Davos
2020/01/20 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,56%
2020/01/20 » Agência Brasil explica: quem pode ser um microempreendedor individual?
2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento

Ver mais »