Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Capital paulista registra mais de 50 mil casos de conjuntivite 18/03/2011

A capital paulista teve 50.405 casos de conjuntivite registrados desde o dia 21 de fevereiro até hoje (18). Segundo a Secretaria de Saúde do Município de São Paulo, por conta do aumento das notificações, o monitoramento da doença passou a ser feito, desde o mês passado, pelo número de casos e não pelo número de surtos, como era anteriormente.

Na Baixada Santista, os casos da doença também estão aumentando. Em Santos, já foram registrados 4.048 casos. A cidade de Cubatão, que tinha 257 casos em fevereiro, contabilizou mais 936 nos 13 primeiros dias de março, totalizando nesse período 1.193 notificações. Em São Vicente, até o dia 5 de março, eram 980 casos, mas, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, esse número deve dobrar.

Segundo o diretor do pronto-socorro de oftalmologia da Santa Casa de São Paulo, Niro Ksahara, os surtos de conjuntivite são normais em determinadas épocas do ano, como o verão, provavelmente por conta da exposição maior das pessoas em todos os ambientes, e no inverno, quando as pessoas ficam em ambientes fechados.

A conjuntivite é uma inflamação na membrana que recobre a parte externa do olho, a conjuntiva, e é transmitida por um vírus. Os olhos ficam vermelhos, sensíveis à luz, as pálpebras ficam inchadas e há um forte desconforto com dificuldade para abrir e fechar os olhos. Para prevenir o contágio, basta lavar sempre as mãos antes de levá-las aos olhos ou fazer a higiene com álcool em gel.

Ksahara ressalta que a doença tem um ciclo de sete a dez dias e, em algumas situações, até 15 dias. “Não há remédio para a doença, basta esperar que o organismo reaja e elimine o agente infeccioso. Nós orientamos a fazer bastante compressas com água filtrada gelada ou soro fisiológico e usar colírios lubrificantes para tirar um pouco a irritação e, em casos mais graves, um colírio anti-inflamatório”, explicou. (Flávia Albuquerque, da Agência Brasil)



Últimas

2020/01/24 » Déficit primário pode ser zerado até 2022, diz secretário
2020/01/24 » Arrecadação federal com impostos chega a R$ 1,537 trilhão em 2019
2020/01/24 » Confiança do empresário é a maior desde junho de 2010, diz CNI
2020/01/22 » CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015
2020/01/22 » Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro
2020/01/22 » Brasil cria centro para indústria 4.0 no Fórum Econômico Mundial
2020/01/21 » Brasil passou para quarto destino de investimentos no mundo em 2019
2020/01/21 » Inflação dos aluguéis acumula taxa de 7,91% em 12 meses, diz FGV
2020/01/21 » Guedes conversa com ministros suíços e CEOs de empresas em Davos
2020/01/20 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,56%
2020/01/20 » Agência Brasil explica: quem pode ser um microempreendedor individual?
2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento

Ver mais »