Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Índice que reajusta aluguel diminui e fica em 0,62% em março 30/03/2011

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado como referência para reajuste em contratos de aluguel, variou 0,62% em março. Em fevereiro, a variação foi de 1%. De acordo com dados divulgados hoje (30) pela Fundação Getulio Vargas (FGV), dois dos componentes do índice variaram com menos intensidade e um apresentou alta. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) passou de 1,20% em fevereiro para 0,65%, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) ficou em 0,62%, em março, ante os 0,67% do mês anterior. Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) variou 0,44%, ficando acima do resultado de fevereiro, de 0,39%.

No IPA, que representa 60% do IGP-M, o índice relativo aos bens finais variou 0,77% em março, enquanto em fevereiro variou 0,17%, com influência do subgrupo alimentos in natura, cuja taxa de variação passou de 1,66% para 7,37%. O índice referente ao grupo bens intermediários variou 0,57%, sendo que, em fevereiro, a taxa foi de 0,76%. O principal responsável pela queda foi o grupo materiais e componentes para a manufatura que passou de 0,76% para 0,56%.

Ainda no IPA, o índice das matérias-primas brutas variou 0,61%, em março, com queda em relação a fevereiro quando houve variação de 2,97%. Os principais responsáveis pela desaceleração do grupo foram os itens: soja em grão (-0,72% para -6,20%), milho em grão (9,84% para 1,46%) e minério de ferro (3,80% para -0,05%). Ao mesmo tempo, registraram-se acelerações em itens como: café em grão (8,44% para 11,58%), bovinos (0,21% para 1,10%) e arroz em casca (-7,53% para -3,98%).

Dos sete grupos que compões o IPC, quatro registraram decréscimos em suas taxas de variação. O destaque ficou para educação, leitura e recreação (1,63% para 0,18%), com as principais influências partindo dos itens cursos formais (1,93% para 0%) e passagem aérea (1,36% para -9,28%).

Os grupos que também tiveram recuos foram despesas diversas (1,57% para 0,49%), transportes (1,82% para 1,15%) e habitação (0,51% para 0,47%). Aqueles que apresentaram elevação foram os grupos vestuário (-0,55% para 0,78%), alimentação (0,24% para 0,69%) e saúde e cuidados pessoais (0,33% para 0,62%).

O INCC teve o aumento causado por dois dos três grupos que compõem o índice: materiais e equipamentos (0,54% para 0,64%), e mão de obra (0,12% para 0,27%). A taxa do grupo serviços recuou de 1,04%, no mês anterior, para 0,46% em março. (Flávia Albuquerque, da Agência Brasil)



Últimas

2020/12/04 » Receita Federal e Banco do Brasil iniciam arrecadação com Pix
2020/12/04 » Desentendimento político interrompe reforma tributária, diz Guedes
2020/12/04 » Pix tem 100 milhões de chaves registradas
2020/12/03 » Concessões de aeroportos, rodovias, portos e ferrovias entram no PPI
2020/12/03 » PPI tem 115 ativos para leilões e projetos de concessão em 2021
2020/12/03 » Venda de veículos automotores aumenta 0,45% de outubro para novembro
2020/12/03 » Produção industrial cresceu 1,1% em outubro, diz IBGE
2020/12/02 » CNI: produtividade do trabalho na indústria cresce 8% no 3º trimestre
2020/12/02 » Balança comercial registra superávit de US$ 3,73 bi em novembro
2020/12/02 » CNA prevê aumento da produção do agronegócio no próximo ano
2020/12/02 » População desocupada atinge 13,76 milhões em outubro
2020/12/01 » Ipea: investimentos têm alta de 3,5% em setembro
2020/12/01 » Contas públicas registram saldo positivo após oito meses de déficit
2020/12/01 » Estimativa do mercado financeiro para a inflação sobe para 3,54%
2020/11/30 » ANP retoma a 17ª Rodada de Licitações
2020/11/30 » Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
2020/11/30 » Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV
2020/11/30 » Fiscalização do Procon-SP registra infração em 70% de lojas visitadas
2020/11/30 » Taxa de desemprego passa de 13,3% para 14,6% no terceiro trimestre
2020/11/30 » Inflação do aluguel sobe e acumula 24,52% em 12 meses

Ver mais »