Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Fórum Nacional discute estratégias para Brasil ser um dos líderes mundiais 11/05/2011

Educação de qualidade e espírito empreendedor devem ser os pilares em que o Brasil deve se sustentar para se tornar um protagonista mundial neste novo século, em condições de competir com a China e a Índia.

A análise foi feita hoje (11) à Agência Brasil pelo ex-ministro do Planejamento, João Paulo dos Reis Velloso. A visão do Brasil desenvolvido é o tema central do 23º Fórum Nacional, presidido por Velloso, que o Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae) promoverá no Rio de Janeiro entre os dias 16 e 19 deste mês.

“O Brasil tem que passar à frente deles”, disse Velloso, aludindo à China e à Índia. Para isso, além de iniciar o processo de desenvolvimento pelos pilares da educação e do empreendedorismo, é necessário que o país saiba usar a economia do conhecimento para aproveitar de forma adequada as grandes oportunidades que se abrem, como o pré-sal.

Velloso alertou, contudo, que o pré-sal não pode ser apenas uma forma de aumentar a produção de petróleo e gás. “O pré-sal tem de ser um instrumento para transformar a economia brasileira, criando em torno dele um grande e sofisticado complexo industrial, usando até nanotecnologias, porque isso vai ser necessário, pelo fato de que o petróleo está a 7 mil ou 8 mil metros de profundidade”.

Outra oportunidade diz respeito à biodiversidade, área em que o Brasil é líder mundial. O presidente do Fórum Nacional sugeriu que o país utilize a biodiversidade como base para a biotecnologia.

“Assim, o Brasil chega lá, como chegou a Coreia, que nos anos 70 e 80 resolveu se transformar em um país desenvolvido, o que ocorreu nos anos 90, enquanto o Brasil estava tendo décadas perdidas”.

Segundo Velloso, é necessário ter uma visão estratégica. Ele advertiu que o processo será executado ao longo de duas ou três décadas. “Mas, começando hoje”.

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, abrirá o 23º Fórum Nacional, que contará no primeiro painel com a participação do ministro da Fazenda, Guido Mantega, entre os palestrantes. (Alana Gandra, da Agência Brasil)



Últimas

2020/10/27 » Guedes diz que acordos políticos dificultam privatizações
2020/10/27 » CMN aprova regulação simplificada para projetos inovadores
2020/10/27 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%
2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
2020/10/22 » Opas: América Latina não deve relaxar enfrentamento à pandemia
2020/10/22 » Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020
2020/10/21 » Setor mineral brasileiro tem resultado positivo no 3º trimestre
2020/10/21 » Decreto inclui Linha 2 do metrô de BH em programa de privatizações
2020/10/21 » Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
2020/10/21 » Inflação do aluguel sobe de 18,20% para 20,56% em 12 meses
2020/10/20 » Pacote comercial abre caminho para acordo mais amplo, diz governo
2020/10/20 » SP:acordo da ANTT permite investimento de R$ 6 bi em malha ferroviária
2020/10/20 » Como fazer a amortização do FGTS pelo celular
2020/10/19 » Comércio eletrônico e delivery aumentam consumo de embalagens

Ver mais »