Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Pimentel justifica fim das licenças automáticas com a Argentina como busca pela proteção da indústria nacional 16/05/2011

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, reiterou hoje (16) a defesa pelo fim das licenças automáticas para a venda de automóveis e autopeças. Segundo ele, a medida, tomada no último dia 12, foi adotada para proteger a indústria nacional uma vez que havia um desequilíbrio nas relações comerciais no que se refere a esse setor. A expectativa é que Pimentel conceda uma entrevista coletiva ainda hoje.

“Não é um tema especificamente relacionado com o nosso comércio com a Argentina. É uma questão geral adotada pelo ministério [MDIC] como forma de proteger a indústria automobilística já que a balança neste setor está fortemente desequilibrada contra o Brasil”, afirmou Pimentel, no Itamaraty, após reunião com a comitiva chinesa que está no Brasil para conversar sobre as relações comerciais entre os dois países.

Na semana passada, o governo brasileiro decidiu adotar medidas em contrapartida às barreiras criadas pelos argentinos aos produtos nacionais. No último dia 12, o MDIC anunciou que a partir de agora a importação de automóveis e autopeças não será mais por meio de licenças automáticas.

Na prática a medida faz com que o processo de entrada de produtos argentinos no Brasil possa demorar até 60 dias para ser aprovada. Segundo informaram os técnicos, a medida não inclui apenas a Argentina, mas também o México e a Coreia do Sul.

Na semana passada, Pimentel negou que a decisão seja uma retaliação às barreiras impostas aos produtos brasileiros. Segundo ele, uma carta foi encaminhada à ministra da Indústria da Argentina, Débora Giorgi, pedindo o fim das retenções de mercadorias brasileiras nas alfândegas argentinas.

Desde o ano passado, os empresários brasileiros reclamam que a Argentina cria dificuldades para o desembaraço de mercadorias brasileiras que chegam a suas alfândegas. (da Agência Brasil, Renata Giraldi)



Últimas

2021/04/14 » Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
2021/04/14 » Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea
2021/04/14 » Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril, aponta Procon-SP
2021/04/14 » Comércio varejista cresce 0,6% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/13 » Calendário de restituições não muda com novo prazo do Imposto de Renda
2021/04/13 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 4,85% este ano
2021/04/13 » Inflação para idosos acumula taxa de 6,2% em 12 meses
2021/04/12 » Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado
2021/04/12 » Confaz aprova parte da regulamentação da nova Lei do Gás
2021/04/12 » CNI defende rápida regulamentação da Lei do Gás
2021/04/12 » Indicador econômico global mantém trajetória de recuperação, diz FGV
2021/04/09 » As principais mudanças do Marco Legal do Gás
2021/04/09 » Inflação foi de 0,93% em março, maior alta para o mês desde 2015
2021/04/09 » Mais de 70% das indústrias têm dificuldades em conseguir matéria-prima
2021/04/09 » Custo da construção sobe 1,45% em março, diz IBGE
2021/04/09 » Crédito imobiliário da Caixa bate recorde no primeiro trimestre
2021/04/09 » Um quarto das pequenas empresas fechou em fevereiro, revela pesquisa
2021/04/09 » BNDES lança nova modalidade de crédito para a área rural
2021/04/09 » Dieese: custo da cesta básica cai em 12 capitais em março
2021/04/09 » Trabalhadores autônomos foram mais prejudicados por pandemia em 2020

Ver mais »