Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Greve atinge todas as linhas de trens de São Paulo 02/06/2011

Depois de funcionar parcialmente ontem (1º), o serviço de trem metropolitano que atende a cidade de São Paulo e 22 municípios foi totalmente paralisado na manhã de hoje (2). Em assembleias realizadas na noite de ontem, os trabalhadores dos trens metropolitanos decidiram paralisar todas as linhas de trens, que atendem cerca de 2,4 milhões de passageiros por dia.

A greve já começa a ter reflexos no trânsito da capital. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), havia 94 quilômetros de lentidão antes das 9h de hoje. Segundo a CET, a tendência é que o trânsito piore nas marginais Tietê e Pinheiros.

Por causa da greve, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) orienta os usuários a sair de casa mais tarde e procurar não fazer deslocamentos nos horários de pico. Além disso, a companhia acionou o Plano de Apoio à Empresa em Situação de Emergência (Paese), ampliando o número de ônibus em operações.

Os trabalhadores pedem um aumento real de 5%, além de vale refeição de R$ 19 por dia e implantação de um novo plano de carreira. A CPTM ofereceu reajuste de 3,27%, sendo 1,75% de correção pelo IPC/Fipe e 1,5% de aumento real e vale refeição de R$ 17 por dia.

Por meio de nota, a CPTM disse “lamentar a decisão arbitrária de três dos quatro sindicatos que representam os empregados de suas seis linhas, que decidiram pela greve”. A companhia apela à categoria para que cumpra a determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de manter 90% da operação nos horários de pico e 70% nos demais horários. Uma reunião com os sindicatos e a companhia está marcada para as 11h de hoje na sede do TRT.

Estão em greve os ferroviários ligados ao Sindicato dos Trabalhadores das Empresas Ferroviárias de São Paulo, ao Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana e ao Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil.

O Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo, que representa cerca de 200 engenheiros que trabalham na CPTM, informou que está em campanha salarial, mas não aderiu à greve. (da Agência Brasil, Vitor Abdala)



Últimas

2020/10/30 » Ministra da Agricultura diz que nova safra pode reduzir preço do arroz
2020/10/30 » CNI diz que setores mais otimistas são os de borracha e metalurgia
2020/10/30 » Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos
2020/10/29 » Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos
2020/10/29 » Representantes do setor da indústria aprovam decisão do Copom
2020/10/29 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2020/10/29 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2020/10/28 » Apoio emergencial do BNDES a empresas na pandemia alcança R$ 105 bi
2020/10/28 » Programa para ampliar produtividade das empresas é retomado
2020/10/28 » Confiança da construção cresce 3,7 pontos em outubro, diz FGV
2020/10/27 » Guedes diz que acordos políticos dificultam privatizações
2020/10/27 » CMN aprova regulação simplificada para projetos inovadores
2020/10/27 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%
2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos

Ver mais »