Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Brasil quer dobrar, no Mercosul, lista de importados que podem ser taxados com alíquota máxima 04/08/2011

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, disse ontem (3) que o Brasil defenderá a ampliação de restrições à importação no Mercosul. Ele disse que o governo quer ampliar de 100 para 200 a quantidade de produtos cuja importação pode ser taxada pela alíquota máxima de 35%.

“Pelos acordos internacionais, nós temos 100 produtos sobre os quais podemos aplicar a alíquota máxima de importação. Essas posições estão ocupadas”, explicou Pimentel. “Possivelmente, na próxima reunião do Mercosul, a gente aprove a ampliação dessas posições.”

O ministro disse que, de acordo com as regras do Mercosul, a ampliação da lista de importados com alta tributação não pode ser feita unilateralmente. A Argentina, por exemplo, vem trabalhando há algum tempo para que o bloco sul-americano amplie a lista. Mas, segundo Pimentel, a medida deve ter efeito limitado sobre a economia nacional porque a pauta de importações brasileiras tem mais de 7,5 mil produtos.

Com relação à ampliação da política de defesa comercial, anunciada pela equipe econômica como uma das medidas de incentivo a alguns setores da indústria, o ministro disse que a concorrência desleal de estrangeiros não é o maior problema do setor manufatureiro. “O problema é que nossa indústria não é competitiva”, reconheceu. Segundo ele, todos os produtos cuja importação está sendo investigada por suspeita de práticas anticoncorrenciais correspondem, juntos, a apenas 2,3% do valor total das importações do país. (da Agência Brasil, Vinicius Konchinski)



Últimas

2019/12/13 » Estados Unidos e China concluem Fase 1 de acordo comercial
2019/12/13 » Grandes municípios perdem participação no PIB ano a ano, mostra IBGE
2019/12/13 » FGTS poderá distribuir mais que 50% dos lucros, informa governo
2019/12/12 » Receita faz nova operação de malha fina em empresas
2019/12/12 » Saúde amplia público para vacinas contra febre amarela e gripe
2019/12/12 » Produção de ovos de galinha bate novo recorde no país, diz IBGE
2019/12/11 » Acesso digital a serviços públicos gera economia de R$ 1,7 bi por ano
2019/12/11 » Comércio varejista registra a sexta alta consecutiva em outubro
2019/12/10 » Inflação para família de baixa renda tem alta de 0,54% em novembro
2019/12/10 » Safra de 2020 deve bater recorde e chegar a 240,9 milhões de toneladas
2019/12/10 » Mais 2 milhões de pessoas passam a ter esgoto e água potável em casa
2019/12/09 » Novas tecnologias digitais aumentam produtividade de empresas
2019/12/09 » Estimativa para inflação sobe para 3,84% este ano
2019/12/09 » Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis
2019/12/09 » Brasil mantém posição no Índice de Desenvolvimento Humano em 2019
2019/12/04 » Produção industrial cresce 0,8% em outubro
2019/12/03 » Faturamento da indústria sobe 1,3% em outubro, diz CNI
2019/12/03 » Venda de veículos novos cresce 4,38% em novembro frente a 2018
2019/12/03 » Com nova revisão da balança comercial, exportações sobem US$ 6,4 bi
2019/12/03 » Balança comercial fecha novembro com menor superávit desde 2015

Ver mais »