Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Bancos preveem queda da inflação nos próximos meses 04/08/2011

As instituições financeiras apostam na queda da inflação nos próximos meses, segundo pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A divergência entre os economistas dos bancos está na velocidade com que o aumento dos preços irá convergir para o centro da meta estipulada pelo Banco Central (BC), de 4,5%. “Há um consenso forte que o ciclo de alta da taxa está próximo do seu encerramento”, destacou o economista-chefe da Febraban, Rubens Sardenberg.

Dos 31 analistas de bancos ouvidos para o levantamento divulgado ontem (3), 43% avaliam que a inflação vai recuar um pouco a partir do quarto trimestre, porém, permanecerá em aproximadamente 6%; 39% acreditam que a convergência para o centro da meta é possível, entretanto, acham que ainda é cedo para ter certeza. Enquanto 18% dos entrevistados preveem que o aumento de preços irá cair para próximo dos 4,5%, como indicou o Comitê de Política Monetária do BC em sua última reunião.

A expectativa geral apontada na pesquisa permaneceu praticamente estável em relação ao levantamento anterior feito em junho. A previsão para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2011, subiu de 6,2% em junho, para 6,3% em agosto. Já o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) teve a estimativa reduzida de 6,3% para 5,8%.

Os bancos também acreditam em mais uma elevação de 0,25 ponto percentual da taxa básica de juros (Selic) que deve fechar o ano em 12,75%. Os juros foram elevados cinco vezes durante este ano, um aumento de 1,75 ponto percentual.

Em relação ao crédito, as estimativas permaneceram praticamente as mesmas apontadas pela pesquisa anterior. Espera-se que os empréstimos cresçam 16,4%, com destaque para o crédito direcionado que tem perspectiva de alta de 18,2%. Ambas previsões são um ponto percentual menores do que as do último levantamento.

Para o câmbio, a expectativa é que o dólar feche o ano valendo R$ 1,59. Sardenberg ponderou, entretanto, que ainda existe muita incerteza em relação ao cenário internacional, tanto sobre a recuperação da Europa, quanto dos Estados Unidos. “O cenário externo é a principal fonte de volatilidade e incerteza”, ressaltou. A instabilidade nas economias mais desenvolvidas tem impulsionado o fluxo de capitais para o Brasil, valorizando o real em relação ao dólar. (da Agência Brasil, Daniel Mello)



Últimas

2020/11/25 » Anatel prevê leilão do 5G no final do primeiro semestre de 2021
2020/11/25 » Mercado de capitais analisa critérios socioambientais de empresas
2020/11/25 » Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
2020/11/24 » Maioria dos reajustes até outubro teve ganhos reais, diz Dieese
2020/11/24 » Mercado aumenta previsão de inflação e prevê queda menor do PIB
2020/11/24 » Guedes anuncia que vai para o "ataque" com privatizações e reformas
2020/11/23 » Mais de 60% dos internautas no país usam serviços públicos digitais
2020/11/23 » Guia de financiamento ajuda empresas interessadas em sustentabilidade
2020/11/23 » Em reunião do G20, Guedes diz que recuperação do Brasil surpreende
2020/11/20 » Economia cresceu 7,5% do segundo para o terceiro trimestre, diz FGV
2020/11/20 » Produção e empregos estão em alta na indústria, diz CNI
2020/11/20 » Confiança do empresário do comércio sobe 4,1% em novembro, diz CNC
2020/11/18 » Aumento de exportações industriais traria R$ 376 bi para economia
2020/11/18 » Quase dois terços das indústrias esperam faturar mais em 2021
2020/11/18 » Brics apoia candidatura do Brasil para Conselho de Segurança da ONU
2020/11/17 » Pix terá pagamentos programados e troco em dinheiro
2020/11/17 » PagTesouro começa a disponibilizar Pix como forma de pagamento
2020/11/17 » Consulta pública busca soluções digitais para pequena e média empresa
2020/11/16 » Pix: novo sistema de pagamento instantâneo entra em funcionamento
2020/11/16 » Índice de Confiança do Empresário Industrial sobe em novembro

Ver mais »