Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Banco do Japão anuncia ampliação do programa de ativos em até 441 bilhões de euros 04/08/2011

O Banco do Japão decidiu hoje (4) ampliar seu programa de compra de ativos até os 441 bilhões de euros para estimular o crescimento e manter a taxa de juro interbancária entre zero e 0,1%. As medidas foram anunciadas poucas horas depois de o governo japonês intervir no mercado de divisas para desvalorizar o iene - que se encontrava no seu nível mais alto ante o dólar dos últimos quatro meses.

O comando do Banco do Japão destacou que a expectativa é que a economia do país se recupere com tendência “moderada” dos efeitos causados pelo terremoto seguido de tsunami, de 11 março.

Ao admitir que a valorização do iene é prejudicial, a instituição informou que “a estabilidade das economias mundiais é indispensável para resolver o problema da apreciação da moeda japonesa”.

Criado em 2010, o programa para a compra de ativos, como títulos do governo, obrigações de empresas e outros valores mobiliários com o objetivo de injetar liquidez no mercado e reforçar a confiança dos investidores tem sido um marco da política de flexibilização monetária.

Os especialistas afirmam que o crescimento da terceira economia mundial é baseado nas empresas exportadoras cuja competitividade e receitas no exterior têm sido afetadas por uma moeda local forte.

Para alavancar a recuperação econômica do país, o Banco do Japão determinou a ampliação do fundo do programa de compra de ativos de 40 bilhões de ienes (o equivalente a 353 bilhões de euros) para 50 bilhões de ienes (441 bilhões de euros).

O comando do Banco do Japão informou que manterá a continuidade da política tendo como prioridade a flexibilização monetária, a estabilidade do mercado financeiro e o fortalecimento das bases de crescimento econômico. (da Agência Brasil, com informações da Agência Lusa)



Últimas

2021/01/28 » Custo industrial sobe 8,6% no terceiro trimestre de 2020
2021/01/28 » Juros para famílias caem ao menor nível histórico em 2020, diz BC
2021/01/28 » Confiança da indústria recua depois de oito meses em alta, diz FGV
2021/01/28 » Desemprego chega a 14,1% entre setembro e novembro de 2020
2021/01/28 » IGP-M acumula inflação de 25,71% em 12 meses, revela pesquisa da FGV
2021/01/28 » Tereza Cristina: transformação digital deve inserir agronegócio
2021/01/28 » Insuficiência da regra de ouro totaliza R$ 453,7 bilhões
2021/01/28 » Dívida pública pode alcançar até R$ 5,9 trilhões em 2021
2021/01/28 » Vendas de máquinas e equipamentos têm alta de 5,1% em 2020
2021/01/28 » Contas externas têm saldo negativo de US$ 12,5 bi em 2020
2021/01/28 » Governo retira limite para financiar projetos de telecomunicações
2021/01/27 » Pandemia e fim dos auxílios podem reverter retomada econômica
2021/01/27 » Confiança na construção civil recua depois de seis altas, diz FGV
2021/01/27 » Confiança do consumidor cai pelo quarto mês consecutivo
2021/01/27 » Custo da construção sobe 0,93% em janeiro, anuncia a FGV
2021/01/26 » Micro e pequenas empresas têm até sexta-feira para aderir ao Simples
2021/01/26 » Queda na arrecadação foi “resultado excelente”, diz Guedes
2021/01/26 » Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
2021/01/25 » Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
2021/01/25 » Cepal: exportações da América Latina e do Caribe caíram 13% em 2020

Ver mais »