Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Brasil tem que preservar sua indústria investindo na exportação de produtos de valor agregado, diz Mercadante 10/08/2011

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, disse ontem (9) que o Brasil está no caminho certo ao investir na exportação de produtos de valor agregado. “Não podemos nos conformar em ser exportadores de commodities, temos que preservar nossa indústria. Inovar é gerar liderança, produzir novos processos e novos produtos”, disse, em audiência na Câmara dos Deputados que debate o agravamento da crise econômica.

O ministro ainda apresentou aos parlamentares as políticas do Plano Brasil Maior, anunciado na semana passada pelo governo federal, que busca estimular a competitividade das indústrias brasileiras. “As medidas apresentadas tomam a direção correta, temos que preservar nosso mercado neste momento”, avaliou.

Para Mercadante, o país possui "sólidas linhas de defesa" contra a crise financeira internacional. “O Brasil não está imune a este cenário, mas é um país que tem sólidas diretrizes. O Brasil vive momento diferenciado, com redução da vulnerabilidade externa. São essas conquistas que deverão ser preservadas. Hoje, a estabilidade econômica é um valor nacional, suprapartidário. O Brasil, felizmente, abandonou o populismo econômico”, acrescentou.

Segundo ele, medidas como o amadurecimento da democracia, com ampliação da capacidade de negociação entre governo e oposição em temas importantes; a redução da vulnerabilidade externa, com o desenvolvimento do comércio com países diferentes, como os vizinhos da América do Sul; e a revitalização dos bancos públicos serviram para manter a estabilidade da economia brasileira.

Outro fator destacado pelo ministro para o fortalecimento da economia nacional foi a transferência de renda e a redução da pobreza de cerca de 40 milhões de brasileiros, o que aqueceu ainda mais o mercado interno. (da Agência Brasil, Luciene Cruz)



Últimas

2020/01/24 » Déficit primário pode ser zerado até 2022, diz secretário
2020/01/24 » Arrecadação federal com impostos chega a R$ 1,537 trilhão em 2019
2020/01/24 » Confiança do empresário é a maior desde junho de 2010, diz CNI
2020/01/22 » CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015
2020/01/22 » Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro
2020/01/22 » Brasil cria centro para indústria 4.0 no Fórum Econômico Mundial
2020/01/21 » Brasil passou para quarto destino de investimentos no mundo em 2019
2020/01/21 » Inflação dos aluguéis acumula taxa de 7,91% em 12 meses, diz FGV
2020/01/21 » Guedes conversa com ministros suíços e CEOs de empresas em Davos
2020/01/20 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,56%
2020/01/20 » Agência Brasil explica: quem pode ser um microempreendedor individual?
2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento

Ver mais »