Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Nível de estoque de veículos sobe para 37 dias em agosto 08/09/2011

A diversidade de ofertas de veículos no mercado doméstico, com participação cada vez maior de modelos importados, fez com que o mesmo estoque de veículos que era vendido em 30 dias, no ano passado, passasse, em agosto, mais tempo nos pátios das montadoras. Agora, são 37 dias. Mas, apesar do aumento dos estoques, o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Cledorvino Belini, avaliou que os números não apontam que esteja ocorrendo desaquecimento no mercado.

Segundo Belini, basta lembrar que, em 2008, quando o setor sofreu os efeitos da crise financeira internacional, o nível de estoques era bem mais elevado, em torno de 60 dias. Hoje, no entanto, o movimento que se vê em algumas montadoras, para reduzir o ritmo de produção, na opinião de Belini, são apenas situações isoladas de ajuste.

O total de empregados nas montadoras cresceu 0,6%, de julho para agosto, passando de 143,8 mil para 144,7 mil, o que representa a criação de 911 vagas no mês passado. Em relação ao acumulado do ano passado, houve expansão de 11.705 postos de trabalho, alta de 8,8%.

Belini manteve as projeções de crescimento de 5% nas vendas do mercado interno para o fechamento de 2011, embora, no acumulado de janeiro a agosto, o índice já tenha sido superado, com alta de 8% nas vendas e a comercialização recorde, para meses de agosto, de 327,4 mil veículos. Segundo ele, a revisão da meta só será feita no último trimestre.

A meta, que vem sendo mantida desde o começo do ano, foi feita levando em consideração os efeitos das medidas macroprudenciais de restrição ao crédito. No entanto, Belini, revelou que o setor espera obter uma reação do mercado, dentro de alguns meses, como consequência da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de reduzir a taxa básica de juros para 12,5% para 12% ao ano. “A medida sinaliza um horizonte muito bom para o setor”, disse. (da Agência Brasil, Marli Moreira)



Últimas

2020/08/07 » MP destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19
2020/08/07 » Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia
2020/08/07 » Senai ensina indústrias a produzirem EPI contra novo coronavírus
2020/08/06 » Bolsonaro sanciona lei de negociação de dívidas das micro empresas
2020/08/06 » Baixa inflação permitiu corte nos juros, avaliam entidades
2020/08/06 » Copom reduz juros básicos da economia para 2% ao ano
2020/08/05 » Dezenas de empresas aderem à Semana Brasil 2020
2020/08/05 » Semana Brasil terá edição 2020 e deve ajudar na retomada da economia
2020/08/05 » Governo de Osaka planeja estudar eficácia de gargarejo no combate ao coronavírus
2020/08/04 » BNDES seleciona fundos de crédito não bancário para pequenas empresas
2020/08/04 » Balança comercial tem superávit recorde de US$ 8,06 bilhões em julho
2020/08/04 » Governo economiza R$ 466 milhões com a máquina pública na pandemia
2020/08/03 » Japonesa Seven & i Holdings pagará US$ 21 bilhões pela rede americana Speedway
2020/08/03 » Fábricas de veículos no Japão retornam gradualmente à produção normal
2020/08/03 » Covid-19: OMS prevê que pandemia durará muito tempo
2020/08/03 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante a pandemia
2020/07/31 » Auxílio emergencial elevou em 24% renda pré-pandemia, mostra pesquisa
2020/07/31 » Ministro da Infraestrutura diz que Brasil vive revolução ferroviária
2020/07/31 » Petrobras reduz em 4% preço da gasolina nas refinarias nesta sexta
2020/07/30 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante a pandemia

Ver mais »