Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Dilma e Obama querem aprofundar discussão sobre crise antes da reunião do G20 21/09/2011

A presidenta Dilma Rousseff e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conversaram ontem (20) sobre a crise econômica global. Eles avaliaram que é preciso aprofundar a discussão sobre os problemas que atingem principalmente a Europa antes da próxima reunião do G20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), marcada para novembro, em Cannes, na França.

Dilma e Obama se reuniram por mais de meia hora, em Nova York, antes do lançamento do encontro Governo Aberto, evento promovido paralelamente à 66ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Houve uma manifestação de preocupação de ambas as partes com a situação de alguns países da Europa e um sentimento de que é preciso conversar de forma aprofundada sobre o desafio que representam estas crises na Grécia e também agora, em certa medida, na Espanha e na Itália, antes do G20, no começo de novembro”, disse o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, que participou do encontro.

A crise deverá ser o principal assunto da reunião entre o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o secretário do Tesouro americano, Timothy Geithner, esta semana em Washington, em que deverão discutir a necessidade de os dois países trabalharem juntos para enfrentar a crise.

Segundo Patriota, a reunião entre Dilma e Obama foi “muito amistosa”. Durante o encontro, Obama fez um rápido balanço da visita que fez ao Brasil, em março. Ele considerou muito positiva sua vinda ao país. O presidente norte-americano convidou Dilma a visitar os Estados Unidos no começo de 2013.

Os presidentes também conversaram sobre as crises no mundo árabe, principalmente sobre a situação da Líbia. Segundo Patriota, Obama mencionou uma reunião que teve mais cedo na sede das Nações Unidas, que está buscando a união dos países-membros em torno de um projeto de reconstrução e de transição para uma forma de governo mais democrática na Líbia.

“A presidenta Dilma enfatizou muito a importância de que a iniciativa de apoio internacional à Líbia se desenvolva no âmbito das Nações Unidas”, disse o chanceler brasileiro.

Dilma receberá hoje à noite o prêmio na categoria Serviço Público, concedido pelo Woodrow Wilson International Center for Scholars a personalidades que colaboram para melhorar o mundo. Toda a renda do jantar da homenagem será doada ao Instituto Brasil. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a médica Zilda Arns também já receberam o prêmio.

O prêmio, nas categorias Serviço Público e Cidadania Corporativa, é concedido a políticos, empresários, líderes de organizações cívicas, artistas e pesquisadores que atuam para melhorar o mundo. A inspiração para a homenagem são as orientações pregadas pelo ex-presidente norte-americano Woodrow Wilson (1913 -1921), que recebeu o Prêmio Nobel da Paz. (da Agência Brasil, Carina Dourado, colaborou Luana Lourenço)



Últimas

2021/01/27 » Pandemia e fim dos auxílios podem reverter retomada econômica
2021/01/27 » Confiança na construção civil recua depois de seis altas, diz FGV
2021/01/27 » Confiança do consumidor cai pelo quarto mês consecutivo
2021/01/27 » Custo da construção sobe 0,93% em janeiro, anuncia a FGV
2021/01/26 » Micro e pequenas empresas têm até sexta-feira para aderir ao Simples
2021/01/26 » Queda na arrecadação foi “resultado excelente”, diz Guedes
2021/01/26 » Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
2021/01/25 » Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
2021/01/25 » Cepal: exportações da América Latina e do Caribe caíram 13% em 2020
2021/01/25 » Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC

Ver mais »