Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
FMI elogia desenvolvimento dos países emergentes, mas recomenda rigor no controle de gastos 21/09/2011

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, elogiou hoje (21) os progressos registrados nos países emergentes na última década. Ela alertou que, apesar da evolução, esses países estão ameaçados pelos impactos da crise econômica internacional. De acordo com Lagarde, é preciso que os líderes dos países em desenvolvimento mantenham a determinação do rigor no orçamento para evitar os efeitos da crise.

“Durante a última década, temos assistido a uma transformação notável nos países de baixa renda”, disse Lagarde. “O forte crescimento econômico tirou milhões de pessoas da pobreza absoluta. Os países de baixa renda também estão lidando bem com os impactos da crise econômica internacional”, acrescentou.

A diretora lembrou, porém, que há uma previsão de que cerca de 44 milhões de pessoas no mundo podem ser incluídas na faixa da pobreza extrema em decorrência da alta dos preços dos alimentos e também do risco de fome na região do Chifre da África. “Mais uma vez, os países de baixa renda se encontram em momento crítico”.

A diretora-gerente do FMI destacou que os líderes mundiais devem se empenhar no fortalecimento das políticas sociais. Em seguida, segundo Lagarde, é importante implementar uma mudança estrutural. De acordo com ela, as economias não podem ficar na dependência de alguns produtos e parceiros comerciais, é necessário “diversificar”.

Christine Lagarde recomendou a redução das taxas de juros sobre os empréstimos relativos às concessões para percentuais próximos de zero. Também sugeriu que os líderes busquem cada vez mais intensificar as parcerias econômicas e comerciais.

“Todos nós devemos fazer a nossa parte. Se fizermos isso, acredito que os países de baixa renda serão capazes de resistir a esta nova etapa da crise e vamos ser capazes de ajudar a gerar ganhos duradouros para as pessoas mais pobres e vulneráveis do mundo”, disse. (da Agência Brasil, Renata Giraldi)



Últimas

2021/01/25 » Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
2021/01/25 » Cepal: exportações da América Latina e do Caribe caíram 13% em 2020
2021/01/25 » Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil

Ver mais »