Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Novo sistema torna mais ágil busca de normas editadas pelo Banco Central 07/10/2011

Brasília – O Banco Central (BC) lançou ontem (6) um sistema de busca de normas pela internet. A nova ferramenta, disponível no endereço eletrônico da instituição, ampliou a digitalização de normas antigas e passou a oferecer busca por palavras, de modo semelhante aos sites de procura.

No sistema antigo, estavam disponíveis as resoluções, atos, comunicados, circulares e cartas-circulares editadas a partir de 1990 pelo BC e pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). A nova ferramenta retroage a busca por documentos desde 1965, quando foi criado o BC. O mecanismo também permitirá visualizar o texto consolidado de cada norma. Dessa forma, será possível verificar as alterações e os aperfeiçoamentos que uma regra sofreu ao longo do tempo.

Os resultados das pesquisas também trarão referências a normas complementares e relacionadas. Segundo o presidente do BC, Alexandre Tombini, o novo sistema proporcionará agilidade para o cidadão e economia de recursos. “Às vezes, pequenos aperfeiçoamentos levam a impactos positivos. Essa ferramenta permitirá melhorar o processo de consulta sem perda de qualidade e liberar recursos para outras áreas fins do banco que agregam valor de produção ao Banco Central”, declarou.

Com o novo sistema, o BC deixará de imprimir as normas em papel. A edição e a compilação das normas deixaram de ser descentralizadas nos departamentos da instituição. As mudanças reduziram de 80 para três o número de servidores que publicam e editam os dispositivos.

De acordo com levantamento apresentado pelo Banco Central, o novo sistema armazena 65 mil arquivos eletrônicos e tem 125 mil páginas indexadas. Isso, segundo a instituição, equivale a uma pilha de papel da altura de um prédio de quatro andares.

Presidente da Câmara de Gestão, Desempenho e Competitividade da Presidência da República, o empresário Jorge Gerdau discursou durante o lançamento. Para ele, a iniciativa não resulta apenas em agilidade para o contribuinte, mas na ampliação da transparência e da profissionalização do Banco Central. “A tecnologia é um fator decisivo para todo processo de gestão e eficiência. O novo sistema vai melhorar a governança do Banco Central”, declarou. “As instituições de sucesso no Brasil são as que profissionalizaram as carreiras.” (da Agência Brasil, Wellton Máximo)



Últimas

2020/10/30 » Ministra da Agricultura diz que nova safra pode reduzir preço do arroz
2020/10/30 » CNI diz que setores mais otimistas são os de borracha e metalurgia
2020/10/30 » Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos
2020/10/29 » Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos
2020/10/29 » Representantes do setor da indústria aprovam decisão do Copom
2020/10/29 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2020/10/29 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2020/10/28 » Apoio emergencial do BNDES a empresas na pandemia alcança R$ 105 bi
2020/10/28 » Programa para ampliar produtividade das empresas é retomado
2020/10/28 » Confiança da construção cresce 3,7 pontos em outubro, diz FGV
2020/10/27 » Guedes diz que acordos políticos dificultam privatizações
2020/10/27 » CMN aprova regulação simplificada para projetos inovadores
2020/10/27 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%
2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos

Ver mais »