Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Na França, Brics deve adotar discurso único na defesa de medidas de reação à crise 01/11/2011

Brasília – A primeira reunião de trabalho da presidenta Dilma Rousseff em Cannes, na França, será amanhã (2) com os representantes do Brics – grupo que reúne o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul. A ideia é unificar o discurso sobre as medidas que devem ser adotadas para combater os impactos da crise econômica internacional, depois de uma conversa com o presidente da Rússia, Dimitri Medvedev, o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, e o presidente da África do Sul, Jacob Zuma.

Em seguida, no dia 3, Dilma participa de almoço de trabalho sobre o sistema econômico global e mais duas sessões de trabalho. Em pauta, um plano de ação para o crescimento econômico mundial, o marco e sistema monetário internacional e a dimensão social da globalização e do comércio. Está previsto ainda um jantar no qual o empresário da Microsoft Bill Gates fará uma palestra.

No dia 4, na 6ª Cúpula do G20, ocorrerão três sessões de trabalho. Na primeira delas, o tema é Regulação Financeira. A segunda é sobre Agricultura, Energia e Volatilidade de Preços de Commodities e a última sobre Mudança do Clima e Corrupção.

A expectativa, segundo os negociadores, é que seja divulgado um comunicado conjunto sobre governança global e prioridades da presidência do México no G20 em 2012. No dia 5, Dilma estará em Paris, onde deve se reunir com diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Irina Bokova.

Criado há 12 anos, o G20 tem como meta buscar o diálogo ampliado. Nas reuniões participam os presidentes, primeiros-ministros e ministros da Fazenda, além dos dirigentes dos bancos centrais de cada país. O comando do grupo em 2011 está com a França, a presidência é rotativa e muda a cada ano. Em 2008, o Brasil presidiu o encontro.

Acompanham a presidenta na viagem à França os ministros da Fazenda, Guido Mantega, das Relações Exteriores, Antonio Patriota, da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel. A previsão é que Dilma retorne ao Brasil no dia 5. (da Agência Brasil, Renata Giraldi e Luciana Lima)



Últimas

2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento
2020/01/15 » Mochilas pesadas na infância podem acarretar problemas na fase adulta
2020/01/14 » Consumidor espera saldões para comprar com desconto produto mais caro
2020/01/14 » IR: contribuinte não poderá deduzir gasto com previdência de doméstica
2020/01/14 » Petrobras reduz preço da gasolina e diesel nas refinarias
2020/01/13 » Migração de empregadores para eSocial só terminará em 2023
2020/01/13 » Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019
2020/01/13 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,58%
2020/01/13 » Migração da poupança para outros investimentos exige cuidado
2020/01/13 » Setores de TI e internet dominam ranking sobre mercado de trabalho
2019/12/19 » Retomada do mercado de trabalho é lenta e se apoia na informalidade
2019/12/19 » Com alta dos preços da carne, inflação deve ficar em 0,81% em dezembro

Ver mais »