Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Na França, Brics deve adotar discurso único na defesa de medidas de reação à crise 01/11/2011

Brasília – A primeira reunião de trabalho da presidenta Dilma Rousseff em Cannes, na França, será amanhã (2) com os representantes do Brics – grupo que reúne o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul. A ideia é unificar o discurso sobre as medidas que devem ser adotadas para combater os impactos da crise econômica internacional, depois de uma conversa com o presidente da Rússia, Dimitri Medvedev, o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, e o presidente da África do Sul, Jacob Zuma.

Em seguida, no dia 3, Dilma participa de almoço de trabalho sobre o sistema econômico global e mais duas sessões de trabalho. Em pauta, um plano de ação para o crescimento econômico mundial, o marco e sistema monetário internacional e a dimensão social da globalização e do comércio. Está previsto ainda um jantar no qual o empresário da Microsoft Bill Gates fará uma palestra.

No dia 4, na 6ª Cúpula do G20, ocorrerão três sessões de trabalho. Na primeira delas, o tema é Regulação Financeira. A segunda é sobre Agricultura, Energia e Volatilidade de Preços de Commodities e a última sobre Mudança do Clima e Corrupção.

A expectativa, segundo os negociadores, é que seja divulgado um comunicado conjunto sobre governança global e prioridades da presidência do México no G20 em 2012. No dia 5, Dilma estará em Paris, onde deve se reunir com diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Irina Bokova.

Criado há 12 anos, o G20 tem como meta buscar o diálogo ampliado. Nas reuniões participam os presidentes, primeiros-ministros e ministros da Fazenda, além dos dirigentes dos bancos centrais de cada país. O comando do grupo em 2011 está com a França, a presidência é rotativa e muda a cada ano. Em 2008, o Brasil presidiu o encontro.

Acompanham a presidenta na viagem à França os ministros da Fazenda, Guido Mantega, das Relações Exteriores, Antonio Patriota, da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel. A previsão é que Dilma retorne ao Brasil no dia 5. (da Agência Brasil, Renata Giraldi e Luciana Lima)



Últimas

2020/08/14 » Mercado de seguros tem queda de 3,5% no ano devido à pandemia
2020/08/14 » OMS minimiza risco de novo coronavírus entrar na cadeia alimentar
2020/08/14 » Paulo Guedes anuncia novos secretários especiais
2020/08/13 » Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19
2020/08/13 » Instituto alemão diz que vacina pode estar disponível logo
2020/08/13 » Lucro líquido da Eletrobras chega a R$ 4,6 bilhões no trimestre
2020/08/12 » Conselho do FGTS aprova distribuição de R$ 7,5 bi para trabalhadores
2020/08/12 » Guedes diz que não apoia eventual tentativa de furar teto de gastos
2020/08/12 » Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE
2020/08/11 » Vendas para China preveniram choque nas exportações, diz Guedes
2020/08/11 » Débitos de difícil recuperação com o Simples podem ser parcelados
2020/08/11 » Auxílio emergencial manteve economia ativa em municípios mais pobres
2020/08/10 » Sem título
2020/08/10 » SP ultrapassa 25,1 mil mortes causadas por covid-19
2020/08/10 » Como é feita média móvel de casos de covid-19
2020/08/07 » MP destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19
2020/08/07 » Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia
2020/08/07 » Senai ensina indústrias a produzirem EPI contra novo coronavírus
2020/08/06 » Bolsonaro sanciona lei de negociação de dívidas das micro empresas
2020/08/06 » Baixa inflação permitiu corte nos juros, avaliam entidades

Ver mais »