Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Balança comercial: ferro e petróleo foram destaque da terceira semana de dezembro 19/12/2011

Brasília – As exportações de ferro, petróleo e café foram os principais fatores que fizeram a balança comercial (diferença entre exportações e importações) registrar saldo positivo na terceira semana de dezembro, segundo balanço do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Foram esses produtos que impulsionaram as vendas de bens primários para o exterior, que subiram 38,7% em relação à segunda semana do mês. Em valores, o aumento foi de US$ 344 milhões para US$ 477 milhões entre uma semana e outra.

Na semana passada, a balança comercial registrou saldo positivo de US$ 542 milhões, depois do déficit de US$ 731 milhões na segunda semana do mês. As exportações chegaram a US$ 5,077 bilhões, com média por dia útil de US$ 1,015 bilhão. As importações somaram US$ 4,535 bilhões, com média por dia útil de US$ 907 milhões.

As exportações de produtos manufaturados também cresceram, mas em ritmo menor que as dos produtos básicos. De acordo com o ministério, as vendas de produtos industrializados para o exterior passaram de US$ 382,4 milhões para US$ 402 milhões, na comparação entre uma semana e outra, uma alta de 5,1%. Os produtos que mais influenciaram esse resultado foram aviões, energia elétrica, autopeças, etanol, suco de laranja congelado e veículos de carga. As exportações de semimanufaturados, no entanto, caíram 13,9%, de US$ 126,2 milhões para US$ 108,6 milhões, por causa do açúcar bruto e da celulose.

Outro fator que elevou o saldo da balança comercial foi a queda de 1,9% nas importações de uma semana para a outra. Segundo o MDIC, a queda se deve à retração nos gastos com combustíveis e lubrificantes, veículos, autopeças e produtos siderúrgicos.

Apesar do salto nas exportações de produtos básicos de uma semana para outra, as vendas externas das commodities (bens primários com cotação no mercado internacional) caíram no acumulado de dezembro em relação ao mesmo mês do ano passado. Até a terceira semana do mês, as exportações de produtos básicos caíram 4,6%, de US$ 418,9 milhões para US$ 399,4 milhões, em relação às três primeiras semanas de dezembro de 2010. As vendas externas de bens semimanufaturados subiram 2,1%, de US$ 116,4 milhões para US$ 118,8 milhões, e as exportações de manufaturados saltaram 10,4%, de US$ 353,8 milhões para US$ 390,6 milhões. (da Agência Brasil, Wellton Máximo)



Últimas

2020/08/13 » Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19
2020/08/13 » Instituto alemão diz que vacina pode estar disponível logo
2020/08/13 » Lucro líquido da Eletrobras chega a R$ 4,6 bilhões no trimestre
2020/08/12 » Conselho do FGTS aprova distribuição de R$ 7,5 bi para trabalhadores
2020/08/12 » Guedes diz que não apoia eventual tentativa de furar teto de gastos
2020/08/12 » Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE
2020/08/11 » Vendas para China preveniram choque nas exportações, diz Guedes
2020/08/11 » Débitos de difícil recuperação com o Simples podem ser parcelados
2020/08/11 » Auxílio emergencial manteve economia ativa em municípios mais pobres
2020/08/10 » Sem título
2020/08/10 » SP ultrapassa 25,1 mil mortes causadas por covid-19
2020/08/10 » Como é feita média móvel de casos de covid-19
2020/08/07 » MP destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19
2020/08/07 » Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia
2020/08/07 » Senai ensina indústrias a produzirem EPI contra novo coronavírus
2020/08/06 » Bolsonaro sanciona lei de negociação de dívidas das micro empresas
2020/08/06 » Baixa inflação permitiu corte nos juros, avaliam entidades
2020/08/06 » Copom reduz juros básicos da economia para 2% ao ano
2020/08/05 » Dezenas de empresas aderem à Semana Brasil 2020
2020/08/05 » Semana Brasil terá edição 2020 e deve ajudar na retomada da economia

Ver mais »