Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
CMN autoriza renegociação das dívidas dos produtores atingidos pela seca no Sul 26/01/2012

Brasília - O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou hoje (26) a renegociação dos financiamentos de custeio e investimento de produtores rurais que tiveram sua produção afetada pela seca na Região Sul. Além disso, uma linha de crédito de R$ 200 milhões foi instituída para que as cooperativas possam renegociar os débitos dos cooperados que, devido aos prejuízos causados pela estiagem, não têm condições de pagar os empréstimos neste momento.

As medidas já haviam sido anunciadas há duas semanas pelos ministros da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, e do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, mas aguardavam aprovação do CMN. Cerca de 600 municípios dos três estados do Sul tiveram situação de emergência decretada por causa da seca.

Segundo o secretário adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda, João Rabelo, cerca de 85% dos contratos de custeio e investimento na região afetada estavam segurados, o que reduz os prejuízos dos produtores. “Cerca de 65% dos contratos da agricultura empresarial e 95% da agricultura familiar, estavam segurados. As lavouras de milho, soja e feijão foram as mais afetadas, nesta ordem”, explicou.

Os produtores de municípios que tiveram situação de emergência ou de calamidade pública reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional poderão prorrogar o vencimento das parcelas de investimento e custeio rural da safra 2011/2012, vencidas e a vencer entre 1º de de janeiro a 30 de julho, para 31 de julho. Os que tiveram perdas superiores a 30% da renda vinda das três culturas mais afetadas poderão renegociar o débito das operações de custeio em até 5 anos, com a primeira parcela anual vencendo até um ano após formalizada a renegociação do contrato, que pode ser feita até o fim do ano.

Em relação às cooperativas, Rabelo disse que a linha emergencial de crédito é uma inovação. Como boa parte das cooperativas fornece insumos aos cooperados e recebe o pagamento em produto, elas não terão como receber daqueles produtores mais afetados pela seca. Assim, a nova linha permite a renegociação de até 100% dos débitos dos associados contraídos para aquisição de insumos usados nas lavouras de milho, soja e feijão da safra 2011/2012 com vencimentos entre 1º de janeiro e 30 de junho.

O limite de crédito foi fixado em R$ 10 milhões por cooperativa, não podendo ultrapassar R$ 40 mil por associado ativo, com taxa de juros de 6,75% ao ano. O prazo de reembolso é de até cinco anos, com um ano de carência. Os recursos dessa linha devem ser contratados até 30 de dezembro. (da Agência Brasil, Danilo Macedo)



Últimas

2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
2021/01/18 » Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões
2021/01/15 » MPT abre inquéritos para avaliar danos sociais do fechamento da Ford
2021/01/15 » BNDES financia segunda usina termelétrica no Porto do Açu
2021/01/15 » IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
2021/01/14 » Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020
2021/01/14 » Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos
2021/01/14 » IBGE: safra de 2021 deve superar recorde de 2020
2021/01/14 » Veja o que pode e o que não pode no Enem 2020
2021/01/13 » BNDES define consórcio que apoiará programa de aceleração de startups
2021/01/13 » Inflação da construção civil atinge 10,16% em 2020
2021/01/13 » Inflação para famílias com menor renda fecha 2020 com alta de 5,45%

Ver mais »