Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Banco Central registra lucro de R$ 23,5 bilhões em 2011 01/03/2012

Brasília – O Banco Central (BC) registrou lucro de R$ 23,5 bilhões em 2011. O resultado foi divulgado há pouco pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que ontem (29) aprovou o balanço do órgão referente ao ano passado. No primeiro semestre, a instituição lucrou R$ 12,2 bilhões. Nos seis meses seguintes, o resultado ficou positivo em R$ 11,3 bilhões.

O lucro, no entanto, seria muito maior não fosse a administração das reservas internacionais, que rendeu R$ 43,3 bilhões à autoridade monetária no ano passado. O BC teria registrado ganho de R$ 66,8 bilhões, mas esse resultado não é oficial porque a autoridade monetária terá de repassar os lucros das reservas no exterior ao Tesouro Nacional.

No ano passado, o Banco Central gastou R$ 30,6 bilhões com administração das reservas internacionais. Esse montante representa o custo que a autoridade monetária tem ao deixar de aplicar o dinheiro no país (que rendem o equivalente à taxa Selic, atualmente em 10% ao ano), No entanto, a alta de 12,6% no dólar no ano passado fez o valor em reais das reservas aumentar R$ 73,9 bilhões em 2011.

De acordo com o diretor de Administração do Banco Central, Altamir Lopes, a subida do dólar, no segundo semestre do ano passado, mudou a trajetória de prejuízo que a instituição tinha com as reservas internacionais até a metade de 2011. Nos seis primeiros meses do ano passado, o Banco Central teve perda de R$ 49,2 bilhões com a administração do dinheiro aplicado no exterior.

No segundo semestre, no entanto, o BC teve ganho de R$ 90,2 bilhões com o carregamento das reservas. Tanto o lucro de R$ 11,3 bilhões de junho a dezembro como o resultado positivo das reservas estrangeiras, no mesmo período, serão transferidos ao Tesouro Nacional em até dez dias úteis.

Segundo Lopes, o resultado do Banco Central também foi influenciado pelo acordo com os bancos Bamerindus e Banorte, que passaram por liquidação extrajudicial. Ativos das duas instituições financeiras no total de R$ 1,680 bilhão foram repassados ao Banco Central, que incorporou a quantia ao balanço. (da Agência Brasil, Wellton Máximo)



Últimas

2020/08/05 » Dezenas de empresas aderem à Semana Brasil 2020
2020/08/05 » Semana Brasil terá edição 2020 e deve ajudar na retomada da economia
2020/08/05 » Governo de Osaka planeja estudar eficácia de gargarejo no combate ao coronavírus
2020/08/04 » BNDES seleciona fundos de crédito não bancário para pequenas empresas
2020/08/04 » Balança comercial tem superávit recorde de US$ 8,06 bilhões em julho
2020/08/04 » Governo economiza R$ 466 milhões com a máquina pública na pandemia
2020/08/03 » Japonesa Seven & i Holdings pagará US$ 21 bilhões pela rede americana Speedway
2020/08/03 » Fábricas de veículos no Japão retornam gradualmente à produção normal
2020/08/03 » Covid-19: OMS prevê que pandemia durará muito tempo
2020/08/03 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante a pandemia
2020/07/31 » Auxílio emergencial elevou em 24% renda pré-pandemia, mostra pesquisa
2020/07/31 » Ministro da Infraestrutura diz que Brasil vive revolução ferroviária
2020/07/31 » Petrobras reduz em 4% preço da gasolina nas refinarias nesta sexta
2020/07/30 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante a pandemia
2020/07/30 » Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200
2020/07/30 » Veja as principais mudanças no novo Marco Legal do Saneamento
2020/07/29 » Pandemia: 82% dos dentistas continuaram atendimento, diz pesquisa
2020/07/29 » Trombose em pequenos vasos é característica de covid-19, diz estudo
2020/07/29 » Brasil terá mais 100 leilões de ativos até final do mandato
2020/07/28 » Empresas inadimplentes não serão excluídas do Simples em 2020

Ver mais »