Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Interessados em obter visto para os Estados Unidos deverão gastar menos tempo e dinheiro a partir de segunda 27/04/2012

Brasília – A partir de segunda-feira (30) o brasileiro que quiser solicitar o visto norte-americano vai gastar menos tempo e dinheiro na tentativa de conseguir a autorização para viajar aos Estados Unidos. Atualmente, a média de espera entre a solicitação e a emissão do visto é de um mês. A expectativa, segundo alguns funcionários da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, é reduzir esse tempo para cerca de 20 dias.

Os gastos para emissão do documento chegam a R$ 350, mas, a partir da próxima semana, as despesas ficarão em torno de US$ 160 (aproximadamente R$ 280). A redução de gastos faz parte de um novo processo de concessão de vistos que inclui também a busca pela redução no tempo do agendamento e das entrevistas.

A Embaixada dos Estados Unidos informou que a expectativa é agilizar atendimentos e aumentar o número atual.

O interessado deverá agendar sua entrevista pelo site http://brazil.usvisa-info.com. Em seguida, a embaixada enviará um email detalhando os procedimentos para a obtenção do visto.

Na tentativa de facilitar o acesso para a solicitação do visto, a Embaixada dos Estados Unidos abrirá, a partir de 7 de maio, Centros de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) em Brasília, em Belo Horizonte, em Recife, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Nesses centros serão coletarão os dados biométricos dos solicitantes antes do comparecimento a um dos consulados em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Recife ou à Embaixada dos Estados Unidos em Brasília. Os interessados em obter o visto que tenham menos de 15 anos e mais de 66 não precisam colher impressões digitais, mas devem entregar fotos 5x7.

As mudanças nos serviços de concessão de vistos a brasileiros foram negociadas pela presidenta Dilma Rousseff que esteve em Washington, nos Estados Unidos, no começo deste mês. Na reunião com o presidente norte-americano, Barack Obama, Dilma apelou para a necessidade de mudar o sistema em vigência. Na ocasião, foi anunciada ainda a abertura de mais dois consulados: um em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e o outro em Belo Horizonte, Minas Gerais, até o final de 2013. (da Agência Brasil, Renata Giraldi)



Últimas

2020/09/21 » Turismo: metade das operadoras vende viagens para novembro e dezembro
2020/09/21 » Covid-19: maioria dos estados segue sem aulas presenciais
2020/09/21 » O que é o Sistema S?
2020/09/18 » Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor
2020/09/18 » Confiança do empresário do comércio tem alta recorde em setembro
2020/09/18 » IBGE: desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto
2020/09/18 » CNI apresenta propostas para retomada da economia
2020/09/18 » Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses
2020/09/18 » Governo já desembolsou R$ 197 bilhões em auxílio emergencial
2020/09/17 » Entidades elogiam decisão do Copom de manter a Selic
2020/09/17 » Prefeitura de São Paulo adota home office permanente
2020/09/17 » PIB tem queda de 4% no trimestre encerrado em julho, aponta FGV
2020/09/16 » Petrobras quer vender mais ativos de exploração e produção
2020/09/16 » Saques no comércio com Pix começam no 2º trimestre de 2021
2020/09/16 » Concessionária da Malha Paulista e Norte-Sul antecipa outorgas
2020/09/15 » Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo
2020/09/15 » União pode quebrar se forem criados novos fundos, diz Guedes
2020/09/15 » Medidas de ajuste fiscal podem gerar economia de R$ 816 bi em dez anos
2020/09/14 » Governo federal qualifica rodovias e portos no PPI
2020/09/14 » Indicador de Atividade Econômica aponta crescimento de 2,8% em julho

Ver mais »