Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Inclusão social, reforma agrária e combate ao trabalho escravo são citados em relatório do Brasil à ONU 23/05/2012

Brasília – O relatório elaborado pelas autoridades brasileiras e encaminhado ao Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, para efeito de avaliação das políticas implementadas na área, reúne as ações promovidas pelo governo em 26 áreas. Há referências à inclusão social, por meio dos programas sociais em curso, à proteção à livre orientação sexual e religiosa, assim como o respeito às diferenças de etnia. Também há menções ao combate ao trabalho escravo e infantil, estímulo à reforma agrária e à garantia dos direitos dos povos indígenas.

Os programas sociais desenvolvidos pelo governo são mencionados em diferentes momentos – no que se refere ao combate do uso de drogas e crack, assim como os programas de transferência de renda, entre eles o Brasil sem Miséria e o Minha Casa, Minha Vida. Há ainda detalhes sobre os esforços para a promoção da reforma agrária no país.

No relatório, as autoridades informam que, de acordo com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), de 2003 e 2010, foram assentadas 614 mil famílias por meio da criação de 3.551 novos assentamentos. “As políticas de reforma agrária são fundamentais para a consolidação da democracia brasileira. A garantia do direito à terra dinamiza as economias locais e regionais, promove a paz no campo e garante segurança alimentar e acesso aos recursos naturais”, diz o texto.

O governo informa ainda que há políticas públicas para a inserção de refugiados e imigrantes no país e destaca a questão envolvendo os haitianos, que, no começo deste ano, tentaram ingressar no país e esbarraram em dificuldades burocráticas para emissão de visto. No relatório, é informado que foram concedidos 1.300 vistos para haitianos que pediram apoio ao Brasil. “O Brasil está fortemente comprometido com a proteção dos refugiados e apátridas, como Estado-Parte dos principais instrumentos internacionais relacionados ao tema”, diz o documento.

No relatório, são citados também os esforços para federalizar os crimes relacionados aos direitos humanos, a prevenção de torturas e penas cruéis, além das execuções sumárias. Há, ainda, menção às melhorias para aperfeiçoar o sistema prisional nacional e a adoção de medidas socioeducativas.

O documento, denominado Segundo Relatório Nacional do Estado Brasileiro, apresentado no Mecanismo de Revisão Periódico Universal do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas - 2012, pode ser lido na íntegra no site da Secretaria de Direitos Humanos. (da Agência Brasil, Renata Giraldi)



Últimas

2020/11/26 » Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,6 anos em 2019
2020/11/26 » Campos Neto: Pix vai gerar inclusão e reduzir custos para população
2020/11/26 » Vendas de máquinas e equipamentos têm alta de 16% em outubro
2020/11/25 » Anatel prevê leilão do 5G no final do primeiro semestre de 2021
2020/11/25 » Mercado de capitais analisa critérios socioambientais de empresas
2020/11/25 » Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
2020/11/24 » Maioria dos reajustes até outubro teve ganhos reais, diz Dieese
2020/11/24 » Mercado aumenta previsão de inflação e prevê queda menor do PIB
2020/11/24 » Guedes anuncia que vai para o "ataque" com privatizações e reformas
2020/11/23 » Mais de 60% dos internautas no país usam serviços públicos digitais
2020/11/23 » Guia de financiamento ajuda empresas interessadas em sustentabilidade
2020/11/23 » Em reunião do G20, Guedes diz que recuperação do Brasil surpreende
2020/11/20 » Economia cresceu 7,5% do segundo para o terceiro trimestre, diz FGV
2020/11/20 » Produção e empregos estão em alta na indústria, diz CNI
2020/11/20 » Confiança do empresário do comércio sobe 4,1% em novembro, diz CNC
2020/11/18 » Aumento de exportações industriais traria R$ 376 bi para economia
2020/11/18 » Quase dois terços das indústrias esperam faturar mais em 2021
2020/11/18 » Brics apoia candidatura do Brasil para Conselho de Segurança da ONU
2020/11/17 » Pix terá pagamentos programados e troco em dinheiro
2020/11/17 » PagTesouro começa a disponibilizar Pix como forma de pagamento

Ver mais »