Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Sebrae lança projeto para melhorar serviço de táxi 20/09/2012

Brasília – Taxistas poderão participar de curso a distância para aperfeiçoar o serviço, atender melhor ao passageiro e aprender a ver seu trabalho como um negócio. Os motoristas poderão assistir ou ouvir aulas sobre temas como marketing pessoal, noções de gestão e controle financeiro, estratégias e dicas para atender aos clientes, ética e potencial turístico das cidades. 

O curso faz parte do Projeto Taxista Empreendedor lançado hoje (20) pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Organizado em 13 aulas, em áudio e vídeo, o curso foi produzido em parceria com a TV Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Os vídeos serão veiculados na grade de programação do canal. 

“O objetivo é fazer do taxista um empresário. Ele tem que entender que o táxi é um negócio. Devem ser observados fatores como a concorrência e a necessidade de diferencial. Há profissionais que estudam a possibilidade de ter um tablet, jornais ou informações extra sobre a cidade para oferecer ao cliente”, disse o presidente nacional do Sebrae, Luiz Barreto.

 

Ao final do curso, o taxista receberá um selo do Sebrae. Os interessados podem ir a uma agência do Sebrae para fazer a inscrição e pegar um kit com o material. Mais informações estão disponíveis na página do Taxista Empreendedor na internet .

 

Segundo o presidente nacional do serviço, a expectativa é de que sejam distribuídos mais de 15 mil kits de aulas em todo o Brasil. O projeto lançado em Brasília será levado a outros estados. Estima-se que entre 30% e 40% da categoria sejam beneficiados pela iniciativa até a Copa de 2014. O Taxista Empreendedor, de acordo com o Barreto, é um complemento ao Taxista Nota 10, outro programa de qualificação do Sebrae, com foco no aprendizado de idiomas.

 

Para a taxista Luciana Monteiro Silva Brás, no ramo há nove anos, a proposta do Sebrae é importante instrumento para melhorar o atendimento aos clientes. “Há um ganho de qualidade, uma ampliação da visão de como trabalhar. E essa informação passa de boca a boca aos clientes”, explicou Luciana.

 

A presidente do Sindicato dos Permissionários de Táxi e Motoristas Auxiliares do Distrito Federal, Maria do Bonfim, fixou cartazes sobre o programa em murais do sindicato e orientou os filiados a participarem.

 

“Nós precisamos nos aperfeiçoar. O cartão de visitas de uma cidade é o taxista, que faz o primeiro atendimento ao turista. A proposta é ótima porque não temos que perder tempo em sala de aula. O selo do Sebrae vai ser um diferencial de qualidade”, informou Maria. (da Agência Brasil, Carolina Sarres)



Últimas

2020/02/21 » Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
2020/02/21 » Escolas de samba movimentam economia durante todo ano no Rio
2020/02/20 » Banco Central injeta R$ 135 bilhões na economia
2020/02/20 » Programa para fazer Declaração do Imposto de Renda já está disponível
2020/02/20 » Prévia da inflação oficial fica em 0,22% em fevereiro
2020/02/19 » Comissão Europeia quer criar mercado único de dados
2020/02/19 » Confiança da indústria cai em fevereiro depois de 3 altas seguidas
2020/02/19 » Confiança da indústria cresce 0,7 ponto na prévia de fevereiro
2020/02/18 » Economia segue em processo de recuperação gradual, diz BC
2020/02/18 » FGV: economia brasileira cresceu 1,2% em 2019
2020/02/18 » Rodovias terão estabelecimentos regulamentados para motoristas
2020/02/17 » Associação alerta motoristas sobre riscos no trânsito durante carnaval
2020/02/17 » Estimativa do mercado financeiro para inflação cai para 3,22%
2020/02/17 » Começam a valer medidas da Caixa para estimular construção civil
2020/02/14 » Atividade econômica cresce 0,89% em 2019
2020/02/14 » Cerca de 25% dos desempregados procuram emprego há mais de dois anos
2020/02/14 » Taxa de desemprego cai em 16 estados, revela IBGE
2020/02/13 » Abate de bovinos cai e o de suínos e frangos sobe no último trimestre
2020/02/13 » Setor de Serviços fecha 2019 com crescimento de 1%
2020/02/13 » Coronavírus: subida exponencial de mortes e casos. O que mudou?

Ver mais »