Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
População lembra mais das medidas econômicas do governo Dilma 26/09/2012

Brasília - O brasileiro lembra mais as notícias sobre economia, de acordo com a pesquisa CNI/Ibope sobre a avaliação do governo Dilma Rousseff, divulgada hoje (26) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O percentual de brasileiros que mencionou espontaneamente as medidas do governo relacionadas à economia, como tema mais lembrado do noticiário, era 4% em março deste ano, chegou a 12% em junho, e atingiu 18% em setembro.

Na avaliação de Renato da Fonseca, gerente de pesquisa da CNI, a aprovação da área econômica ajuda a sustentar a melhora na percepção do governo Dilma.

Em setembro, a aprovação ao governo da presidenta ficou em 62%, o maior índice desde que a pesquisa começou a ser realizada, em março de 2011.

"Se [o cidadão] tem emprego, salário crescendo e está conseguindo adquirir bens, ele está satisfeito com o governo", comentou. Para Fonseca, um eventual agravamento dos impactos da crise econômica no Brasil prejudicaria essa visão positiva do governo Dilma.

Além das medidas econômicas, as outras notícias mais lembradas pelos entrevistados foram a corrupção (19%), o chamado mensalão (16%) e o anúncio da redução nas tarifas de energia elétrica (11%).

A pesquisa registrou crescimento na aprovação ao combate à inflação, que subiu de 46% para 50%, o que indica compreensão positiva das medidas econômicas.

Não houve aumento da aprovação da política de juros, que permaneceu estável, em 49%. Na avaliação da CNI, isso reflete dificuldade por parte dos entrevistados em perceber a redução das taxas de juros na economia real.

A aprovação à maneira de governar da presidenta foi 77% em setembro, mantendo-se estável em relação a junho. Já a confiança em Dilma Rousseff ficou em 73%, contra 72% três meses antes.

As opiniões sobre a maneira de governar e o índice de confiança são variáveis ligadas mais à popularidade pessoal da presidenta do que à sua gestão.

"A popularidade da presidenta se mantém constante, mas as medidas [econômicas] que estão sendo tomadas levaram à melhora na avaliação do governo", afirmou Renato Fonseca.

Em setembro, o percentual de entrevistados que consideram o governo Dilma igual ao do ex-presidente ficou em 57%. Um total de 22% dos entrevistados disse que o governo atual é pior do que o anterior, e 18% afirmaram que é melhor.

A pesquisa da CNI foi realizada no período de 17 a 21 de setembro deste ano e ouviu a opinião de 2002 eleitores com 16 anos ou mais. O levantamento, que acontece trimestralmente, tem margem de erro de dois pontos percentuais. (da Agência Brasil, Mariana Branco)



Últimas

2021/01/27 » Pandemia e fim dos auxílios podem reverter retomada econômica
2021/01/27 » Confiança na construção civil recua depois de seis altas, diz FGV
2021/01/27 » Confiança do consumidor cai pelo quarto mês consecutivo
2021/01/27 » Custo da construção sobe 0,93% em janeiro, anuncia a FGV
2021/01/26 » Micro e pequenas empresas têm até sexta-feira para aderir ao Simples
2021/01/26 » Queda na arrecadação foi “resultado excelente”, diz Guedes
2021/01/26 » Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
2021/01/25 » Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
2021/01/25 » Cepal: exportações da América Latina e do Caribe caíram 13% em 2020
2021/01/25 » Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC

Ver mais »