Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Um em cada cinco universitários de países pobres tentam oportunidade no exterior, diz Unctad 27/11/2012

Brasília – Pelo menos um em cada cinco universitários de 48 países menos desenvolvidos vai para o exterior em busca de oportunidades, segundo relatório divulgado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad), em Genebra, na Suíça. De acordo com a entidade, há aproximadamente 2 milhões de imigrantes intelectuais procedentes de países menos desenvolvidos.

A Unctad alertou que os benefícios das remessas feitas pelos imigrantes intelectuais podem ser comprometidas. A causa seria o efeito negativo da “fuga de cérebros” dos países mais pobres em decorrência de o fenômeno acentuar as desigualdades internacionais, considerando a disponibilidade dos trabalhadores qualificados e das perspetivas de crescimento.

No relatório, o alerta refere-se ao Haiti, país mais pobre da região, que tem 83% dos universitários morando no exterior. O Brasil é um dos países mais procurados pelos haitianos, que entram pelo Acre e aguardam a legalização para entrar no mercado de trabalho brasileiro.

O Relatório sobre os Países Menos Desenvolvidos 2012: Utilização das Remessas e dos Conhecimentos das Diásporas para Criar Capacidades Produtivas diz que nos países desenvolvidos a proporção de graduados das universidades que emigram por razões laborais é um em cada 25.

Pelos dados do relatório, entre os 48 países menos desenvolvidos, os seis com mais profissionais formados que partiram para o exterior são Samoa (73%), na região do Oceano Pacífico; Gâmbia (68%), na África; Tuvalu (65%), Estado da Polinésia, e Serra Leoa (51%), na África.

De acordo com o relatório da Unctad, há um aumento das remessas dos emigrantes para os 48 países menos desenvolvidos, que já representam cerca de 4,4% do Produto Interno Bruto (PIB) e 15% do valor das exportações desses países. (da Agência Brasil, Renata Giraldi. *Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa )



Últimas

2019/12/10 » Inflação para família de baixa renda tem alta de 0,54% em novembro
2019/12/10 » Safra de 2020 deve bater recorde e chegar a 240,9 milhões de toneladas
2019/12/10 » Mais 2 milhões de pessoas passam a ter esgoto e água potável em casa
2019/12/09 » Novas tecnologias digitais aumentam produtividade de empresas
2019/12/09 » Estimativa para inflação sobe para 3,84% este ano
2019/12/09 » Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis
2019/12/09 » Brasil mantém posição no Índice de Desenvolvimento Humano em 2019
2019/12/04 » Produção industrial cresce 0,8% em outubro
2019/12/03 » Faturamento da indústria sobe 1,3% em outubro, diz CNI
2019/12/03 » Venda de veículos novos cresce 4,38% em novembro frente a 2018
2019/12/03 » Com nova revisão da balança comercial, exportações sobem US$ 6,4 bi
2019/12/03 » Balança comercial fecha novembro com menor superávit desde 2015
2019/12/03 » PIB cresce 0,6% no terceiro trimestre, revela IBGE
2019/12/02 » Mudanças climáticas forçam 20 milhões por ano a deixarem suas casas
2019/12/02 » EUA vão restabelecer tarifa sobre aço e alumínio comprados do Brasil
2019/12/02 » Mercado financeiro eleva estimativa de inflação este ano para 3,29%
2019/11/29 » Termina amanhã prazo para renovar contratos do Fies feitos até 2017
2019/11/29 » Governo e setor privado estimam Custo Brasil em R$ 1,5 trilhão por ano
2019/11/28 » IGP-M acumula inflação de 3,97% em 12 meses
2019/11/28 » Confiança da indústria atinge maior nível desde maio de 2018

Ver mais »