Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Companhias aéreas esperam crescer 9% este ano 17/01/2013

São Paulo- As companhias aéreas estimam crescer entre 9% e 9,5% este ano, segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). A estimativa é condicionada a uma alta de 3% do Produto Interno Bruto (PIB). De acordo com o presidente da associação, Eduardo Sanovicz, a maior preocupação do setor é o impacto do combustível nos custos operacionais das empresas. Atualmente, os gastos com combustível representam 40%. Segundo ele, o tema vem sendo debatido com o governo federal e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). E deverá ser discutido também com o Ministério da Fazenda.

O executivo reconhece que algumas medidas adotadas pelo governo já devem aliviar os custos, como a desoneração da folha de pagamento de pessoal e a isenção de taxas sobre o direito de navegação. A estimativa do setor é economizar em torno de R$ 320 milhões ao longo deste ano.

Eduardo Sanovicz descartou alto ajuste nos preços das passagens aéreas, porém defendeu a recomposição financeira como forma de reverter os prejuízos do setor no ano passado, sem citar números sobre desempenho das empresas. “Qualquer recomposição de preços que haja nas rotas de maior demanda será infinitamente menor do que a queda nos preços nos últimos dez anos, que foi 46%”, disse.

A entidade representa as companhias Avianca, Azul, Trip, Gol e TAM, que juntas transportaram 75 milhões de passageiros no ano passado, 7,14% a mais na comparação com 2011. No mesmo período, a oferta de assentos cresceu 3,12% e a taxa de ocupação atingiu 77,7%. De acordo com Adalberto Febeliano, consultor técnico da Abear, a proporção atual é 0,45 viagem anual por habitante no país, taxa menor que a de países com dimensões semelhantes as do Brasil, como Canadá, Estados Unidos e Austrália, onde o índice oscila de 2% a 2,5%. Apesar da taxa ainda baixa, o consultor avalia que “nosso transporte aéreo melhorou muito em comparação há três anos quando [a taxa ] era 0,25”.

Dados da Abear indicam que, em dezembro passado, 6,38 milhões de passageiros viajaram. O número de assentos cresceu 15,95% na Azul e 6,64% na TAM. A Gol apresentou redução de 0,14%. (da Agência Brasil, Marli Moreira)



Últimas

2020/09/22 » Brasil terá cota adicional na exportação de açúcar aos EUA
2020/09/22 » Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais
2020/09/22 » Mercado financeiro reduz projeção de queda da economia para 5,05%
2020/09/21 » Turismo: metade das operadoras vende viagens para novembro e dezembro
2020/09/21 » Covid-19: maioria dos estados segue sem aulas presenciais
2020/09/21 » O que é o Sistema S?
2020/09/18 » Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor
2020/09/18 » Confiança do empresário do comércio tem alta recorde em setembro
2020/09/18 » IBGE: desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto
2020/09/18 » CNI apresenta propostas para retomada da economia
2020/09/18 » Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses
2020/09/18 » Governo já desembolsou R$ 197 bilhões em auxílio emergencial
2020/09/17 » Entidades elogiam decisão do Copom de manter a Selic
2020/09/17 » Prefeitura de São Paulo adota home office permanente
2020/09/17 » PIB tem queda de 4% no trimestre encerrado em julho, aponta FGV
2020/09/16 » Petrobras quer vender mais ativos de exploração e produção
2020/09/16 » Saques no comércio com Pix começam no 2º trimestre de 2021
2020/09/16 » Concessionária da Malha Paulista e Norte-Sul antecipa outorgas
2020/09/15 » Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo
2020/09/15 » União pode quebrar se forem criados novos fundos, diz Guedes

Ver mais »