Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Para Abdib, Brasil precisa investir 6% do PIB em infraestrutura 27/02/2013

Brasília - O Brasil precisa investir 6% do Produto Interno Bruto (PIB) em infraestrutura até 2016, principalmente em áreas de logística e petróleo. Além disso, segundo o presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), Paulo Godoy, para evitar que os portos brasileiros travem todos os investimentos feitos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), será necessário que o setor portuário consiga progredir nos próximos quatro anos o mesmo que avançou ao longo de uma década.

Segundo Godoy, que participou hoje (27) da cerimônia em comemoração aos dez anos do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), os investimentos em infraestrutura dependem de fatores que vão além de meras expectativas. “Saímos de um crescimento de 2,4% em 2003 para 4,2% do PIB, em investimentos em infraestrutura. Mas petróleo e logística nos remetem a um desafio de investir 6% do PIB até 2016.”

Ele reiterou que, ao incrementar a infraestrutura, o país poderá, além de alavancar desenvolvimento econômico, melhorar a competitividade da economia. “O fato concreto é que a soja sai do nosso campo 10% mais competitiva do que a dos Estados Unidos, mas chega 10% mais cara à China”. Isso, segundo ele, mostra que apesar de conseguir “muitos avanços, ainda continuam outros entraves”, citou como exemplo.

Momentos antes de iniciar o discurso, Godoy disse à Agência Brasil que, com o atual sistema portuário, o Brasil poderá ter, no futuro, um gargalo que colocará em risco os objetivos do PAC. “A situação atual [dos portos] é um dos indicativos de que estamos na rabeira do mundo, a exemplo da infraestrutura. Temos agora [a partir da publicação da Medida Provisória 595, que estabelecerá as novas regras para o setor portuário] de aproveitar o momento e fazer em quatro anos o que fizemos nos últimos dez anos”, disse. (da Agência Brasil, Pedro Peduzzi. Colaboraram Danilo Macedo e Daniel Lima)



Últimas

2020/11/30 » ANP retoma a 17ª Rodada de Licitações
2020/11/30 » Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
2020/11/30 » Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV
2020/11/30 » Fiscalização do Procon-SP registra infração em 70% de lojas visitadas
2020/11/30 » Taxa de desemprego passa de 13,3% para 14,6% no terceiro trimestre
2020/11/30 » Inflação do aluguel sobe e acumula 24,52% em 12 meses
2020/11/27 » Volta de cobrança do IOF sobre crédito renderá cerca de R$ 2 bi
2020/11/27 » Indústrias do Mercosul e da UE pedem urgência para acordo comercial
2020/11/27 » Indústria paulista mantém expansão no ano apesar de queda em outubro
2020/11/26 » Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,6 anos em 2019
2020/11/26 » Campos Neto: Pix vai gerar inclusão e reduzir custos para população
2020/11/26 » Vendas de máquinas e equipamentos têm alta de 16% em outubro
2020/11/25 » Anatel prevê leilão do 5G no final do primeiro semestre de 2021
2020/11/25 » Mercado de capitais analisa critérios socioambientais de empresas
2020/11/25 » Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
2020/11/24 » Maioria dos reajustes até outubro teve ganhos reais, diz Dieese
2020/11/24 » Mercado aumenta previsão de inflação e prevê queda menor do PIB
2020/11/24 » Guedes anuncia que vai para o "ataque" com privatizações e reformas
2020/11/23 » Mais de 60% dos internautas no país usam serviços públicos digitais
2020/11/23 » Guia de financiamento ajuda empresas interessadas em sustentabilidade

Ver mais »