Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Vendas no varejo registram leve queda em fevereiro 11/04/2013

Rio de Janeiro – O volume de vendas do varejo teve redução de 0,4% em fevereiro, enquanto a receita nominal do comércio cresceu 0,6%, informou hoje (11) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. As variações foram registradas na comparação dos resultados com os de janeiro deste ano, com ajustes sazonais.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve queda de 0,2% no volume de vendas, o que não impediu o crescimento de 2,9% do primeiro bimestre de 2013 frente ao mesmo período de 2012. Já o resultado acumulado nos últimos doze meses é 7,4% maior que o do período anterior.

A comparação entre fevereiro de 2013 e o mesmo mês de 2012 traz um aumento ainda maior da receita nominal, de 7,6%. O primeiro bimestre do ano acumula 10,1% de crescimento, e os últimos doze meses, alta de 11,8%.

O setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-2,1%) foi o que mais caiu frente ao volume de vendas de fevereiro de 2012, seguido por móveis e eletrodomésticos (-1%), combustíveis e lubrificantes (-1%) e tecidos, vestuário e calçados (-1%). Apresentaram variações positivas: equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (5,3%); livros, jornais, revistas e papelaria (6,9%); artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (6,9%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (6,3%).

A explicação dada pelo IBGE para a primeira queda nesse tipo de comparação, desde novembro de 2004, no setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo foi a forte base de comparação, já que em fevereiro de 2012, houve alta de 13,3% sobre o segundo mês de 2011, por conta do aumento do salário mínimo em 14,13%. Outro motivo é a alta dos preços, considerada muito acima da média. Mesmo assim, o setor acumula alta de 0,6% no ano.

Já no setor de móveis e eletrodomésticos, a queda pode ser atribuída à reposição gradual do IPI para a linha branca. Foi a primeira vez, desde junho de 2009, que o volume de vendas caiu na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

O varejo ampliado, que inclui também os setores veículos, motos, partes e peças e material de construção, além dos oito do varejo, apresentou comportamento semelhante, com queda de 0,7% no volume de vendas e alta de 0,5% na receita nominal ante janeiro. Já na comparação com fevereiro de 2012, houve alta de 1,2% no volume de vendas e de 5,5% da receita nominal.

O setor de veículos, motos, partes e peças teve queda de 1,7% ante janeiro, pela redução dos estoques com IPI reduzido, que causou alta dos preços. Frente ao ano anterior, houve aumento de 3,2%. (da Agência Brasil, Vinícius Lisboa)



Últimas

2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
2021/01/18 » Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões
2021/01/15 » MPT abre inquéritos para avaliar danos sociais do fechamento da Ford
2021/01/15 » BNDES financia segunda usina termelétrica no Porto do Açu
2021/01/15 » IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
2021/01/14 » Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020
2021/01/14 » Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos
2021/01/14 » IBGE: safra de 2021 deve superar recorde de 2020
2021/01/14 » Veja o que pode e o que não pode no Enem 2020
2021/01/13 » BNDES define consórcio que apoiará programa de aceleração de startups
2021/01/13 » Inflação da construção civil atinge 10,16% em 2020
2021/01/13 » Inflação para famílias com menor renda fecha 2020 com alta de 5,45%

Ver mais »