Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Rio terá polo ferroviário para concentrar cargas destinadas aos portos de Itaguaí e de Santos 26/04/2013

Rio de Janeiro – O Rio de Janeiro vai ganhar em 2015 o primeiro Polo Intermodal Ferroviário do estado, que servirá de centro de distribuição de carga para os portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). O governo estadual, a prefeitura de Queimados, na Baixada Fluminense, onde será construído o complexo ferroviário, e a empresa MRS, que desenvolve transporte de minério, assinaram ontem (25) o protocolo de intenções para a construção do empreendimento.

A MRS anunciou que vai investir no projeto R$ 100 milhões. O terreno tem 700 mil quadrados e fica a 8 quilômetros da Rodovia Presidente Dutra e a 2 quilômetros do Arco Rosdoviário Metropolitano. De acordo com o governo fluminense, o polo deve movimentar 620 mil toneladas de cargas em 2016.

Com o novo centro, as ferrovias da região vão poder transportar volumes acondicionados em sacos, fardos, caixas, cartões, engradados, amarrados, tambores, containêres etc, chamados de carga geral. Atualmente, chegam por meio de trens aos portos de Itaguaí e Santos produtos de carga a granel (carga homogênea, sem acondicionamento específico, apresentando-se sob a forma de sólidos, líquidos e gases).

O governo vai construir uma alça rofoviária ligando o polo ao Arco Metropolitano, rodovia que vai unir o município de Itaboraí, onde está sendo construído o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), ao Porto de Itaguaí, ambos no Grande Rio. As obras devem começar em 2014, após cumprida a etapa de licenciamento do empreendimento. A previsão de início do funcionamento é 2015, quando está prevista também a inauguração do Arco Rodoviário Metropolitano.

De acordo com a prefeitura de Queimados, o empreendimento vai gerar 300 empregos diretos e mais de mil indiretos, além de aumento da arrecadação de Imposto sobre Serviços (ISS) e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o estado. (da Agência Brasil, Flávia Villela)



Últimas

2020/07/01 » Crise causa impacto na indústria, que precisa de mudança, diz CNI
2020/07/01 » Câmara aprova concessão de crédito para pequenas empresas
2020/07/01 » Entregadores de apps fazem greve nacional nesta quarta-feira
2020/07/01 » Auxílio emergencial de R$ 600 é prorrogado por mais dois meses
2020/06/30 » Consumidores mantêm intenção de comprar veículos mesmo com a crise
2020/06/30 » Brasil registra retração de 331,9 mil postos de trabalho em maio
2020/06/30 » Programa de suspensão de contrato e redução de jornada será estendido
2020/06/30 » Programa de redução de salário preserva 11,7 milhões de empregos
2020/06/29 » Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior
2020/06/29 » Entenda como Selic baixa pode influenciar seu bolso
2020/06/29 » SP: faturamento de 30% dos lojistas cai 90% no início da reabertura
2020/06/26 » Conselho reúne dicas para entrega da declaração do Imposto de Renda
2020/06/26 » Pesquisa mostra que solidariedade é maior entre moradores de favelas
2020/06/26 » Dia do Diabetes reforça importância de hábitos saudáveis na pandemia
2020/06/25 » Nuvem de gafanhotos: governo declara emergência fitossanitária
2020/06/25 » Saque imediato do FGTS deve ser declarado no Imposto de Renda
2020/06/25 » Ministra diz que Brasil pode intensificar produção sem derrubar árvore
2020/06/24 » Pequenos negócios oferecem novos produtos e adotam venda onlin
2020/06/24 » Covid-19: com mais de 434 óbitos em um dia, São Paulo tem novo recorde
2020/06/24 » Parceria quer agilizar investimento em inovação na área têxtil

Ver mais »