Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Brasileiros detidos no exterior são acusados principalmente de tráfico de drogas e violência 07/05/2013

Brasília – No exterior, os brasileiros são acusados dos mais diversos crimes que variam de acordo com cada país e continente. Em geral, há denúncias de porte, consumo ou tráfico de drogas, problemas migratórios, assaltos, furtos e roubos, assalto a mão armada, sequestro, extorsão, lesões corporais, infrações no trânsito, homicídio, agressões sexuais e até abusos de crianças e adolescentes, assim como violação de ordem judicial e desvio de dinheiro.

Na Europa, os casos são narcotráfico, irregularidades envolvendo questões migratórias, furtos e roubos, lesões corporais, homicídio, tentativa de homicídio, abuso sexual, estupro, extorsão, resistência e desacato à autoridade pública, estelionato e falsidade ideológica.

Na África, há brasileiros acusados e já em processo de julgamento por narcotráfico e aliciamento de menores. Na América Central, as denúncias de narcotráfico também aparecem, assim como de estelionato, roubo e abuso sexual de crianças e adolescentes.

Na América do Norte, as acusações envolvem também narcotráfico e problemas migratórios, além de estelionato, roubo, violência física, homicídio e tentativas, ameaças com arma e assalto a mão armada, envolvimento com gangue, tráfico de pessoas, pedofilia e ausência de documentos legais.

Na América do Sul, as denúncias são semelhantes, incluindo embriaguez no trânsito.

Na Ásia, os casos relativos aos brasileiros são porte, consumo ou tráfico de drogas, problemas migratórios, furtos e roubos, lesões corporais, infrações no trânsito, homicídio, tentativa de estupro, tentativa de homicídio e assalto com lesão corporal.

Na Oceania, as denúncias são narcotráfico e abuso sexual envolvendo menor. No Oriente Médio, as acusações incluem fraude, corrupção, desonestidade, narcotráfico, infração de lei, violência, agressão e envolvimento com grupos militantes. (da Agência Brasil, Renata Giraldi)



Últimas

2020/10/30 » Ministra da Agricultura diz que nova safra pode reduzir preço do arroz
2020/10/30 » CNI diz que setores mais otimistas são os de borracha e metalurgia
2020/10/30 » Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos
2020/10/29 » Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos
2020/10/29 » Representantes do setor da indústria aprovam decisão do Copom
2020/10/29 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2020/10/29 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2020/10/28 » Apoio emergencial do BNDES a empresas na pandemia alcança R$ 105 bi
2020/10/28 » Programa para ampliar produtividade das empresas é retomado
2020/10/28 » Confiança da construção cresce 3,7 pontos em outubro, diz FGV
2020/10/27 » Guedes diz que acordos políticos dificultam privatizações
2020/10/27 » CMN aprova regulação simplificada para projetos inovadores
2020/10/27 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%
2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos

Ver mais »