Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Dilma diz que redução das emissões do setor energético é foco do governo 05/06/2013

Brasília - Ao reconhecer como vitória a diminuição do desmatamento como principal impulsionador da redução das emissões de gases de efeito estufa, a presidenta Dilma Rousseff disse hoje (5) que o Brasil precisa se preocupar agora com as emissões geradas por outros setores, como o de energia. Dilma lembrou que, quando o nível dos reservatórios das hidrelétricas não é suficiente, são as térmicas, fontes mais poluentes, que assumem a função de abastecer de energia o país.

“Nós, que definimos de forma voluntária um objetivo, no horizonte de 2020, de redução de emissão de gases de efeito estufa entre 36,1% e 39%, vamos continuar no processo para diminuir esse desafio, sabendo que ele se tornou extremamente passível de ser cumprido, mas, ao mesmo tempo, colocou para nós problemas que temos que enfrentar”, disse a presidenta

“Temos que enfrentar o fato de que, se continuarmos a fazer hidrelétricas a fio d’água, se continuarmos a ter a fórmula e também a arquitetura da energia renovável como temos neste momento, haverá uma tendência inexorável de aumento das térmicas na nossa matriz”, destacou.

Além do setor energético, a presidenta ressaltou alternativas para que o país se aproxime do cumprimento da meta assumida. Uma das bandeiras do governo brasileiro é capitaneado pelo Programa de Agricultura de Baixo Carbono (ABC) que, no Plano Agrícola e Pecuário 2013/2014 lançado ontem (4), destinou R$ 4,5 bilhões para práticas como plantio direto, alternância de culturas e integração lavoura-pecuária-floresta.

“É um crédito de boa qualidade, barato e com prazo maior. O uso dessas técnicas, mais adequadas ao meio ambiente, é extremamente eficiente e o produtor ganha porque produz mais, com melhor qualidade e menor custo”, disse.

O modelo de crescimento sustentável que foi adotado pelo Brasil tem sido reconhecido pela comunidade internacional. “A força do Brasil perante o mundo está no modelo que mostramos ser possível, que combina meio ambiente, com redução de desigualdade, aumento de produtividade e inovação. Temos que colocar o conhecimento no centro das discussões”, disse Dilma, acrescentando que o governo já destinou R$ 3 bilhões para pesquisas na área de energias renováveis.

“Não podemos confiar apenas nas nossas vantagens de solo e clima. Só usando tecnologia para o crescimento com sustentabilidade daremos o salto nos próximos anos”, destacou a presidenta durante reunião do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas (FBMC), no Palácio do Planalto. (da Agência Brasil, Carolina Gonçalves e Danilo Macedo)



Últimas

2021/01/25 » Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
2021/01/25 » Cepal: exportações da América Latina e do Caribe caíram 13% em 2020
2021/01/25 » Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil

Ver mais »