Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Investimentos de estrangeiros em renda fixa no Brasil chegam a quase US$ 5 bilhões em junho 21/06/2013

Brasília – Os investimentos de estrangeiros em títulos de renda fixa no Brasil, em junho, até o dia 19, já superaram o resultado de janeiro a maio deste ano. Os dados preliminares deste mês mostram que esses investimentos chegaram a US$ 4,913 bilhões. Nos cinco meses do ano, foram US$ 4,17 bilhões.

A maior entrada desses recursos é devido à decisão do governo, anunciada no dia 4 deste mês, de isentar de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) os investimentos estrangeiros em renda fixa no país.

Já os dados preliminares de investimentos estrangeiros em ações no país mostram que houve saída líquida (descontada a entrada) de recursos de US$ 3,5 bilhões. De janeiro a maio, houve entrada de US$ 9,705 bilhões.

De acordo com o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, é possível que os investidores estejam migrando das aplicações em ações para renda fixa, devido à isenção do IOF. “É possível que o resultado parcial de junho, com saída de ações e ingresso de renda fixa, em alguma medida esteja espelhando isso”, disse.

O BC também informou hoje (21) que o saldo da entrada e saída de dólares do país do segmento  financeiro  (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) ficou negativo em US$ 209 milhões, neste mês, até 19. Nesse mesmo período, o fluxo comercial (relacionado a operações de exportações e importações) também ficou negativo, em US$ 488 milhões. Com isso, o fluxo cambial, nesse período, registra saldo negativo de US$ 697 milhões.

O governo adotou a medida de zerar o IOF sobre renda fixa para tentar conter a alta do dólar no país. Quando entram mais dólares no país, a tendência é que a cotação da moeda caia. Mas, os dados preliminares deste mês mostram mais saídas que entradas de dólar, o que não ajuda a conter a alta do dólar.

Além dessa medida, o governo  zerou o IOF das operações de compra e venda de dólar no mercado futuro. O objetivo foi reduzir as barreiras à venda de dólares no mercado futuro.

O BC também tem atuado para suavizar a alta da moeda, com intervenções no mercado de câmbio. O BC tem feito leilões de swap cambial tradicional, equivalente à venda de dólares no mercado futuro. Ontem (20), o BC também fez um leilão de venda de dólares com compromisso de recompra. Mesmo assim, ontem o dólar comercial subiu 1,69%, encerrando a sessão a R$ 2,258 para venda. Foi o quinto dia seguido que o câmbio se desvalorizou e a maior cotação desde 1º de abril de 2009, quando o dólar tinha fechado em R$ 2,281 para venda. (da Agência Brasil, Kelly Oliveira)



Últimas

2019/11/14 » Atividade econômica cresce 0,91% no terceiro trimestre
2019/11/14 » Caixa e BB iniciam quinta fase de pagamento de abono do PIS/Pasep
2019/11/14 » Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro
2019/11/14 » Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro
2019/11/13 » Privatização da Eletrobras deve reduzir tarifas para os consumidores
2019/11/13 » Caixa reduz para 4,99% a taxa de juros do cheque especial
2019/11/13 » Ministro diz que reforma da Previdência já atrai investidores
2019/11/12 » Setor de serviços cresce 1,2% em setembro, aponta IBGE
2019/11/12 » Cresce apoio do BNDES a projetos de micro, pequenas e médias empresas
2019/11/12 » Países do Brics buscam investimentos privados para infraestrutura
2019/11/12 » Faturamento do mercado de seguros cresceu 18,6% em setembro
2019/11/11 » Brics fomenta cooperação entre economias emergentes há 13 anos
2019/11/11 » Impostos dificultam pequenos e médios negócios, dizem empresários
2019/11/11 » IBGE revisa PIB de 2017 de 1% para 1,3%
2019/11/08 » Indicador da FGV mostra dificuldade de reação do mercado de trabalho
2019/11/08 » Petrobras recebe oferta de R$ 3,7 bilhões por Liquigás Distribuidora
2019/11/08 » Governo aumenta projeção de crescimento do PIB para 0,90%
2019/11/07 » Inflação de outubro é a menor para o mês desde 1998
2019/11/07 » Índice que serve de base para reajuste salarial tem variação de 2,76%
2019/11/07 » Seis em cada 10 empresários querem investir, mostra pesquisa do Sebrae

Ver mais »