Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Índice do Custo de Vida em São Paulo é o menor desde junho de 2011 08/08/2013

São Paulo - O Índice do Custo de Vida (ICV) no município de São Paulo registrou variação de 0,09% em julho, de acordo com cálculo feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). É o menor percentual desde junho de 2011 (-0,34%).

Quando avaliados os grupos que fazem parte do índice, o que mais contribuiu para a variação foi o da saúde, que teve alta de 2,73%. Os maiores aumentos foram verificados em assistência médica (3,36%), sob a influência principalmente de seguros e convênios médicos, que ficaram 3,61% mais caros, e consultas médicas, que subiram 2,55%.

O grupo habitação teve elevação de 0,14%. Os subgrupos conservação do domicílio e locação, impostos e condomínio tiveram alta de 0,67% e 0,28%, respectivamente. Já o subgrupo operação do domicílio registrou queda de 0,09%.

O grupo alimentação apresentou queda de 0,37% e transporte, de 1,48%. Em alimentação, tiveram variação positiva os subgrupos da indústria alimentícia (0,29%) e alimentação fora do domicílio (0,22%). Em contrapartida, os produtos in natura e semielaborados registraram queda de 1,15%.

Em transporte, o resultado decorre da retirada dos reajustes aplicados em junho nas tarifas do transporte coletivo (-3,94%) e da queda do preço dos combustíveis.

De acordo com a assistente de Coordenação de Preços do Dieese, Carla Maria Bernadelli, as alterações nos preços influenciaram de maneira diferente os três estratos de renda pesquisados. Para as famílias com menor poder aquisitivo (primeiro estrato), o ICV teve queda de 0,22%. Entre aquelas do segundo estrato, de nível intermediário, a redução ficou em 0,08%. Para as famílias de maior poder aquisitivo, entretanto, houve elevação de 0,26%.

“A queda do valor dos transportes coletivos acabou beneficiando mais as famílias mais pobres, que utilizam mais esse meio de transporte. A queda do preço dos alimentos também pesou muito no custo de vida para essa faixa de renda. Neste mês, o ICV foi mais alto para as famílias de faixa de renda maior, com influência da alta do grupo saúde, com a elevação dos preços dos convênios médicos”, explicou.

No acumulado dos últimos 12 meses, o ICV chega a 6,64%. De janeiro a julho, o índice chega a 4,09%. (da Agência Brasil, Flávia Albuquerque)



Últimas

2021/01/25 » Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
2021/01/25 » Cepal: exportações da América Latina e do Caribe caíram 13% em 2020
2021/01/25 » Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil

Ver mais »