Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Construção civil continua desaquecida, segundo pesquisa da CNI 20/09/2013

Brasília – A atividade da construção civil manteve-se praticamente estável em agosto, na comparação com o mês de julho, mas o resultado indica que o setor continua desaquecido, de acordo com pesquisa divulgada ontem (19) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A Sondagem da Indústria da Construção ouviu 513 empresas de diferentes portes, entre os dias 2 e 12 deste mês, e verificou que a evolução da atividade na indústria da construção se situou em 47 pontos (46,5 pontos em julho), enquanto o indicador do nível de atividade em relação ao usual no setor ficou em 43,5 pontos (42,8 pontos no mês anterior). Os resultados abaixo de 50 revelam atividade desaquecida.

O levantamento da CNI mostra que a retração da atividade foi maior entre as pequenas empresas, com o indicador de evolução da atividade em 44,4 pontos. As empresas de porte médio tiveram indicador de 46,8 pontos e as grandes construtoras ficaram com 48 pontos. Com a queda na atividade, o nível de utilização da capacidade de operação do setor recuou de 70%, em julho, para 69%, em agosto.

De acordo com nota técnica da CNI, "as empresas também reduziram o quadro de funcionários, mas esse movimento foi mais ameno que em julho". O indicador de evolução do número de empregados alcançou 46,3 pontos em agosto, pouco maior que os 45,6 pontos de julho.

Os empresários continuam pouco otimistas em relação ao desempenho do setor nos próximos seis meses, segundo a CNI, pois o indicador de expectativa sobre o nível de atividade alcançou 54,2 pontos. Na mesma tendência, o indicador de novos empreendimentos e serviços marcou 53,8 pontos e o de compras de insumos e matérias-primas ficou em 54,2 pontos.

A Sondagem da Indústria da Construção de agosto constatou que o indicador de expectativa do número de empregados é 52,8 pontos, o que revela otimismo, mas todos os indicadores de expectativa estão abaixo das médias históricas, de acordo com a CNI. (da Agência Brasil, Stênio Ribeiro)



Últimas

2020/02/28 » Coronavírus: Procon-SP fiscalizará preços de máscaras e álcool gel
2020/02/28 » OMS eleva grau de risco de disseminação do coronavírus para muito alto
2020/02/28 » País tem 182 casos suspeitos do novo coronavírus
2020/02/27 » Contas públicas tem superávit recorde de R$ 44,12 bi em janeiro
2020/02/27 » Veja as dicas da OMS para se proteger do novo coronavírus
2020/02/27 » Com 11 casos, SP lidera registro de suspeitos de coronavírus no país
2020/02/21 » Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
2020/02/21 » Escolas de samba movimentam economia durante todo ano no Rio
2020/02/20 » Banco Central injeta R$ 135 bilhões na economia
2020/02/20 » Programa para fazer Declaração do Imposto de Renda já está disponível
2020/02/20 » Prévia da inflação oficial fica em 0,22% em fevereiro
2020/02/19 » Comissão Europeia quer criar mercado único de dados
2020/02/19 » Confiança da indústria cai em fevereiro depois de 3 altas seguidas
2020/02/19 » Confiança da indústria cresce 0,7 ponto na prévia de fevereiro
2020/02/18 » Economia segue em processo de recuperação gradual, diz BC
2020/02/18 » FGV: economia brasileira cresceu 1,2% em 2019
2020/02/18 » Rodovias terão estabelecimentos regulamentados para motoristas
2020/02/17 » Associação alerta motoristas sobre riscos no trânsito durante carnaval
2020/02/17 » Estimativa do mercado financeiro para inflação cai para 3,22%
2020/02/17 » Começam a valer medidas da Caixa para estimular construção civil

Ver mais »