Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Intenção de contratar sobe no Norte e Nordeste e cai nas demais regiões, diz CNC 06/03/2014

As regiões Norte e Nordeste foram as únicas que tiveram variação positiva de janeiro para fevereiro na intenção de contratação dos empresários do comércio, de acordo com dados divulgados hoje (6) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). As regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste puxaram a queda nacional de 5%. O Norte teve alta de 0,9% em fevereiro sobre janeiro e o Nordeste ficou praticamente (0,1%).

A pesquisa ouviu tomadores de decisão de 6 mil empresas de todas as capitais do país, para a elaboração do Índice de Confiança do Empresário do Comércio. O Icec é composto pelas avaliações dos empresários em relação à condição atual e às expectativas para a economia, o setor de atuação da própria empresa, e intenção de investir na contratação de funcionários, estoques e na empresa.

Apesar da alta em relação a janeiro, os subíndices do Norte e do Nordeste acompanharam as demais regiões na queda sobre fevereiro do ano passado, com recuos de 1,1% e 3,1%."A gente observa que essas duas regiões são as que os empresários estão mais confiantes. Esse índice de confiança do empresário é totalmente contaminado pelo comportamento das vendas, e o Nordeste e o Centro-Oeste apresentaram crescimento das vendas acima da média nacional em dezembro", avaliou o economista Fábio Bentes, da CNC.

A queda mais forte registrada em relação a janeiro foi a do Sudeste, de 10,4%, seguida pela do Centro-Oeste (-4,8%), e pela do Sul, (-2,4%). Já diante dos resultados do ano anterior, o Centro-Oeste caiu 5%, o Sudeste, 1,9% e o Sul, 1,3%, enquanto o Brasil apresentou variação negativa média de 2,5%.

"O Sudeste tem tido resultados abaixo da média nacional nas vendas, e o comércio tem tido crescimentos mais fracos. Como a confiança é contaminada pelas vendas, esse dado sugere que as vendas não devem ter ido bem em fevereiro", analisa Bentes.

Ainda que o subíndice de intenção de contratação tenha apresentado a maior variação negativa entre os 12 que compõem a pesquisa, 54% dos empresários ouvidos manifestaram intenção de aumentar pouco seu quadro de funcionários, enquanto 13,4% declararam que pretedem aumentar muito. Esse total de 67,4% fica mais de cinco pontos percentuais abaixo dos 72,7% que tinham intenção de contratar em janeiro. Dos empresários ouvidos em fevereiro, 26,6% querem reduzir pouco, e 6,1%, reduzir muito o número de empregados.

Com esse resultado, a CNC projeta que 351 mil postos de trabalho sejam gerados no varejo em 2014. (da Agência Brasil, Vinícius Lisboa)



Últimas

2020/09/24 » Custos industriais caem 1,5% no segundo trimestre
2020/09/24 » Ministro da Economia diz que reforma deve ter tributos alternativos
2020/09/24 » Contas externas têm saldo positivo de US$ 3,7 bilhões
2020/09/23 » Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020
2020/09/23 » CNI: atividade industrial segue em recuperação com alta do emprego
2020/09/23 » Indicadores recentes sugerem recuperação parcial da economia, diz BC
2020/09/22 » Brasil terá cota adicional na exportação de açúcar aos EUA
2020/09/22 » Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais
2020/09/22 » Mercado financeiro reduz projeção de queda da economia para 5,05%
2020/09/21 » Turismo: metade das operadoras vende viagens para novembro e dezembro
2020/09/21 » Covid-19: maioria dos estados segue sem aulas presenciais
2020/09/21 » O que é o Sistema S?
2020/09/18 » Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor
2020/09/18 » Confiança do empresário do comércio tem alta recorde em setembro
2020/09/18 » IBGE: desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto
2020/09/18 » CNI apresenta propostas para retomada da economia
2020/09/18 » Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses
2020/09/18 » Governo já desembolsou R$ 197 bilhões em auxílio emergencial
2020/09/17 » Entidades elogiam decisão do Copom de manter a Selic
2020/09/17 » Prefeitura de São Paulo adota home office permanente

Ver mais »