Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Em novo sistema, usuário pode conferir dados cadastrais no plano de saúde 26/03/2014

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) disponibilizou sistema que permite aos usuários conferir os seus dados cadastrais nos planos de saúde. Chamado Comprova, o usuário pode verificar o nome completo, data de nascimento, nome completo da mãe e os números do CPF e do Cartão Nacional de Saúde.

“É importante ele [consumidor] ter esses dados cadastrais de forma correta, porque isso facilita o contato dele com a ANS, facilita usar alguns serviços como, por exemplo, a portabilidade de carências, se ele quiser migrar de um plano para outro”, disse hoje (26) à Agência Brasil o diretor-adjunto de Desenvolvimento Setorial da ANS, Leandro Fonseca, acrescentando que a agência irá desenvolver outros projetos a partir do cadastro. “ E aí, ter um cadastro certinho, regular, é importante para o beneficiário”.

Leandro Fonseca disse que se houver inconsistência no cadastro, o sistema aponta o erro. A agência recebe a informação de forma automática e “vai em cima da operadora, para ela corrigir a informação de cadastro daquele beneficiário”. O consumidor pode também usar o sistema para comprovar que tem um plano de saúde. “É por isso que o sistema emite um comprovante de dados cadastrais”.

De acordo com a legislação de saúde suplementar, as operadoras de planos de saúde devem repassar à ANS os dados cadastrais dos beneficiários, a cada mês.  A agência tem a obrigação de monitorar. “Mas como qualquer agência, a gente precisa também zelar para que a qualidade da informação seja cada vez melhor. E um instrumento para a gente aferir a qualidade da informação cadastral que está sendo dada pela operadora é justamente esse sistema, que nos ajuda a verificar a qualidade desse dado”.

Segundo o diretor, a ANS está elaborando outros serviços, como o Código de Controle Operacional (CCO), número que identifica o beneficiário de plano de saúde. Fonseca disse que o número já está disponível no Comprova.  A intenção é que, no futuro, o usuário possa, por meio desse número, consultar locais de atendimento da rede credenciada. “A ideia é que o consumidor possa entrar com essa informação do CCO dele no site e consiga ver um mapa, no qual terá a informação de onde está um prestador associado ao seu plano. É como se ele visse no mapa qual é o hospital que está próximo, qual é a clínica que tem convênio com o seu plano”, disse, alertando que não há data para lançamento desse sistema.

Fonseca acrescentou que a agência pretende aprimorar a comunicação com as operadoras para que corrijam os dados cadastrais dos beneficiários pela própria internet. (da Agência Brasil, Alana Gandra)



Últimas

2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
2021/01/18 » Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões
2021/01/15 » MPT abre inquéritos para avaliar danos sociais do fechamento da Ford
2021/01/15 » BNDES financia segunda usina termelétrica no Porto do Açu
2021/01/15 » IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
2021/01/14 » Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020
2021/01/14 » Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos
2021/01/14 » IBGE: safra de 2021 deve superar recorde de 2020
2021/01/14 » Veja o que pode e o que não pode no Enem 2020
2021/01/13 » BNDES define consórcio que apoiará programa de aceleração de startups
2021/01/13 » Inflação da construção civil atinge 10,16% em 2020
2021/01/13 » Inflação para famílias com menor renda fecha 2020 com alta de 5,45%
2021/01/13 » Inflação oficial fecha 2020 em 4,52%, diz IBGE
2021/01/12 » Ministério pede avanço de reformas para manter fábricas no país
2021/01/12 » Preço da cesta básica aumentou em todas as capitais em 2020

Ver mais »